Aécio Neves

Político brasileiro
Por Dilva Frazão

Biografia de Aécio Neves

Aécio Neves (1960) é um político e economista brasileiro. Foi deputado federal, governador de Minas Gerais, por dois mandatos, senador e candidato à Presidência da República em 2014.

Aécio Neves da Cunha nasceu em Belo Horizonte, em Minas Gerais, no dia 10 de março de 1960. É filho de Aécio Ferreira da Cunha e de Inês Maria Neves da Cunha e neto de Tancredo Neves. Estudou economia na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, concluindo o curso em 1984

Em 1983 foi secretário pessoal de Tancredo Neves no Governo de Minas Gerais. Em 1985, Tancredo foi eleito presidente de República, mas faleceu antes de tomar posse. Nessa época, Aécio foi nomeado diretor das loterias da Caixa Econômica Federal.

Carreira política – Deputado Federal

Em 1986, Aécio deixou a diretoria da Caixa para se candidatar a uma vaga de Deputado Federal por Minas Gerais. Filiado ao PMDB, foi eleito, para seu primeiro mandato, tomou posse em 1 de fevereiro de 1987. Com 26 anos, era um dos deputados mais jovens.

Em 1988 Aécio Neves participou da reformulação da Constituição Brasileira, tendo apresentado 46 emendas, entre elas, o direito ao voto para os jovens entre 16 e 18 anos de idade. No ano seguinte, filiou-se ao PSDB.

Em 1990, Aécio foi eleito para o segundo mandato de Deputado Federal (1991-1995), pelo PSDB. Tomou posse em 1 de fevereiro de 1991. Em 1994 foi reeleito para seu terceiro mandato (1995-1999), tomando posse em 1 de fevereiro de 1995.

Em 1998, Aécio foi reeleito pela quarta vez para o cargo de Deputado Federal para a legislatura (1999-2002). Entre 1997 e 2000 atuou como líder do Partido na Câmara.

Em 2001, Aécio Neves foi eleito presidente da Câmara dos Deputados. Criou o código de Ética e Decoro Parlamentar e propôs o fim da imunidade parlamentar para crimes comuns.

Governo de Minas Gerais

Em 2002, Aécio Neves renunciou ao mandato de Deputado Federal para se candidatar ao cargo de governador de Minas Gerais. Foi eleito com 60% dos votos válidos. Ao assumir o cargo, anunciou o déficit zero nas contas públicas e adotou o “Choque de Gestão”, extinguiu cargos, enxugou o tamanho do Estado e cortou o próprio salário.

Em 2006, Aécio Neves foi reeleito para o Governo com 77% dos votos válidos. Fez um governo com 90% de aprovação. Em 2010, inaugurou a Cidade Administrativa Tancredo Neves, a nova sede do Governo de Minas, que recebeu diversas críticas por endividar o Estado.

aécio neves

Senador da República

Em 2010, Aécio renunciou ao cargo de governador de Minas para poder concorrer ao Senado Federal. Foi o mais votado, além de eleger seu sucessor para o governo de Minas Gerais, Antônio Anastasia. Em 2013, foi eleito presidente nacional do PSDB, com mais de 97% dos votos do partido.

Em 2014, Aécio Neves foi candidato à Presidência da República, sendo eleito para o segundo turno, obtendo 48,36% dos votos, uma das eleições mais disputadas da história do país.

Aécio fez oposição ao governo de Dilma Rousseff e no dia em que o partido comemorou dez anos no governo federal, Aécio fez um discurso no Senado enumerando os 13 fracassos do partido durante os dez anos de gestão.

Operação Lava Jato

Em 2015, na delação premiada de Carlos Alexandre, um dos funcionários do doleiro Alberto Youssef, Aécio foi denunciado por receber trezentos mil reis com o intermédio do diretor da UTC, Antônio Carlos Miranda. Apesar da assessoria do senador negar a acusação, o Supremo Tribunal homologou o depoimento.

Em 2016, na delação do senador Delcídio Amaral, Aécio foi acusado de ter recebido vantagens ilegais da estatal de energia Furnas, onde operava um esquema de corrução que além de beneficiar o senador, abastecia o Partido dos Trabalhadores.

Aécio também foi acusado, por um executivo da construtora Odebrecht, de montar um esquema de propina, enquanto era governador de Minas Gerais. Em abril de 2017, o relator da Operação Lava Jato, Edson Fachin, autorizou a investigação das denúncias contra o senador pela Procuradoria Geral da República.

Operação Patmos

Em maio de 2017, veio a público uma gravação de Aécio Neves, na qual ele pedia dinheiro aos empresários Joesley e Wesley Batista, quantia que seria usada para pagar sua defesa na Lava Jato.

O recebimento do dinheiro foi filmado e rastreado pela Polícia Federal, foi depositado na conta de uma empresa do senador Zezé Perrella. A delação premiada dos empresários foi homologada no dia 18 de maio pelo ministro do STF Luiz Fachin e Aécio foi afastado do Senado e impedido de exercer as atividades parlamentares.

A irmã de Aécio também foi presa, acusada de ter pedido dinheiro aos empresários. Foi solicitado por Rodrigo Janot, então Procurador Geral da República, a prisão de Aécio, mas o relator da Lava Jato no STF, Edson Fachin negou o pedido, porém, depois das investigações da Operação Patmos, Aécio se tornou réu pelos crimes de corrução passiva e obstrução da justiça.

Deputado Federal – 5ª legislatura

Nas eleições de 2018, Aécio concorreu ao cargo de deputado federal e apesar dos escândalos de corrução que o enfraqueceram politicamente, foi eleito, tomou posse em 1 de fevereiro de 2019 e deu início ao seu quinto mandato (2019-2023).

Vida pessoal

Aécio Neves foi casado com a advogada Andréa Falcão entre os anos de 1991 e 1998. Dessa união nasceu Gabriela Falcão Neves, em 1991.

Em 2007, Aécio conheceu a ex-modelo Letícia Weber e casaram-se em 4 de outubro de 2013. Em 2014, o casal teve dois filhos, os gêmeos Bernardo e Júlia.

Dilva Frazão
Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.
Veja também as biografias de:
  • Jair Bolsonaro (1955) é capitão da reserva do Exército e presidente eleito do...
  • Deodoro da Fonseca (Marechal) (1827-1892) foi um político e militar brasileir...
  • Rui Barbosa (1849-1923) foi um político, diplomata, advogado e jurista brasil...
  • Tancredo Neves (1910-1985) foi um político brasileiro. Eleito presidente do B...
  • Joaquim Nabuco (1849-1910) foi um político, diplomata, advogado e historiador...
  • Guilherme Boulos (1982) é um político brasileiro...
  • Jânio Quadros (1917-1992) foi um político brasileiro. Foi presidente do Brasi...
  • Enéas Carneiro (1938-2007) foi um médico cardiologista, físico, matemático, p...
  • João Pessoa (1878-1930) foi um político brasileiro. Candidato à vice-presiden...
  • Eduardo Campos (1965-2014) foi um político brasileiro. Governador do Estado d...