Elizabeth I

Rainha da Inglaterra e da Irlanda

Biografia de Elizabeth I

Elizabeth I (1533-1603) foi rainha da Inglaterra de 1558 até 1603, ano de sua morte. Durante seu reinado a Inglaterra tornou-se o principal centro financeiro da Europa

Elizabeth I nasceu no Palácio de Placentia, em Greewich, no sudeste de Londres, Inglaterra, no dia 7 de setembro de 1533. Filha de Henrique VIII, rei da Inglaterra e de sua segunda esposa Ana Bolena. Quando Elizabeth tinha três anos, começaram a correr boatos de que a rainha traía o rei, e por ordem dele, Ana Bolena foi decapitada. Elizabeth teve retirados todos os seus direitos ao trono.

Infância

Elizabeth passou a infância e a juventude fora da corte, dedicada inteiramente aos estudos. Educada por humanistas em Cambridge, teve aulas de línguas, música e dança. Em 1544, o Parlamento decidiu devolver seus direitos e a princesa voltou para a corte.

Elizabeth e Eduardo VI

Em 1547, seu pai morre e seu meio-irmão, Eduardo VI, filho de Jane Seymour, a terceira esposa de Henrique VIII, assume o trono. Elizabeth estava com 13 anos. O novo rei, Eduardo VI tinha apenas 10 anos e por isso o governo ficou sob a regência de Somerset (até 1549) e de Warwick (de 1549 a 1553). Nesse período, Elizabeth se viu envolvida por intrigas palacianas, foi acusada de participar da conspiração de Lord Seymour. Em 1553 o jovem rei morre prematuramente.

Elizabeth e Maria Tudor

Com a morte do rei Eduardo Vi, assume o trono sua meia-irmã Maria Tudor, filha de Henrique VIII e sua primeira mulher Catarina de Aragão. Com o reinado de Maria I, o catolicismo é restaurado e as leis contra a Igreja instauradas por Henrique VIII são revogadas pelo Parlamento. Os heréticos são perseguidos e o número de execuções é tão grande que a rainha recebe o cognome de "A Sanguinária". Em 1558, Maria I morre.

Reinado de Elizabeth I

Com a morte de Maria I, sobe ao trono Elizabeth I, que com 25 anos é coroada Rainha da Inglaterra. Logo restabelece a estrutura anglicana para a Igreja. Em 1562 restaura o Ato de Supremacia, que estabelece o soberano como chefe da Igreja Anglicana. Em 1563, o novo corpo eclesiástico define os 39 pontos básicos do anglicanismo. A ressurreição do anglicanismo é aplaudida por muitos nobres que reconquistam as terras confiscadas pela Igreja de Roma. Oito anos depois, a rainha é excomungada pela Igreja Católica.

Querida e respeitada, Elizabeth começa sua obra de engrandecimento da Inglaterra. A rainha centraliza o poder, fazendo-se representar em todas as partes do reino por xerifes e juízes de paz. Raramente convoca o Parlamento, tomando para si todas as decisões. Estabelece, em plenitude o absolutismo.

Mantém uma política econômica mercantilista, intervindo na economia privada. Nessa época surgem indústrias da construção naval, do ferro, do estanho, do chumbo, do enxofre etc. Em 1564, autoriza os mercadores aventureiros a transacionarem com os Países-Baixos e a Alemanha. E dá diretos à Companhia da Rússia para estender suas atividades comerciais através de Moscou até a Pérsia. Em 1559, a rainha cria a Bolsa de Londres e concede monopólio para a exploração comercial das colônias.

Últimos Anos do Reinado

Em 1600, Elizabeth I funda a Companhia das Índias Orientais para comerciar com todas as terras a leste do Cabo Frio. Os navegantes procuram a passagem de ligação entre a América e a Ásia. Na América, funda a cidade de Virgínia. Os mares ainda são dominados pela Espanha, a grande rival econômica da Inglaterra. Quando a Marinha inglesa vence a Espanha, os caminhos para o comércio ficam desobstruídos. Elizabeth viu a Inglaterra ser dona dos mares e da economia da Europa.

Elizabeth I faleceu em Richmond Palace, Surry, Inglaterra, no dia 24 de março de 1603, sem deixar descendentes diretos, reconheceu o filho de Maria Stuart, Jaime VI da Escócia, como herdeiro do trono inglês.

Veja também as biografias de:
  • Elizabeth II Rainha (1926) é a rainha da Inglaterra desde os 25 anos de idade...
  • Rainha Vitória (1819-1901) foi rainha da Inglaterra e Irlanda. Foi Imperatriz...
  • Ana Bolena (1501-1533) foi a segunda esposa de Henrique VIII, rei da Inglater...
  • Henrique VIII (1491-1547) foi rei da Inglaterra, o segundo da dinastia Tudor...
  • Ricardo I (1157-1199), também conhecido como Ricardo Coração de Leão, por sua...
  • Mary Stuart (1542-1587) foi rainha da Escócia de 1542 a 1567, quando abdicou...
  • Catarina de Médici (1519-1589) foi uma rainha francesa, casada com o rei Henr...
  • Maria Antonieta (1755-1793) foi arquiduquesa da Áustria e rainha consorte da...
  • Cleópatra (69 a.C.-30 a.C.) foi a última rainha do Egito. Pertencente à dinas...
  • Nefertiti foi uma rainha do Egito, esposa do faraó do Novo Império, Amenófes...

Última atualização: 12/09/2018