Jair Amorim

Compositor brasileiro

Biografia de Jair Amorim

Jair Amorim (1915-1993) foi um importante compositor brasileiro, autor da música “Conceição”, que se tornou sucesso na voz de Cauby Peixoto. Em parceria com Evaldo Gouveia lançou inúmeros sucessos.

Infância e juventude

Jair Pedrinha de Carvalho Amorim, conhecido como Jair Amorim, nasceu em Santa Leopoldina, Espírito Santo, no dia 18 de julho de 1915. Filho de uma família de classe média foi aluno do Internato São Vicente de Paula, em Vitória.

Com 13 anos, resolveu fazer alguns versos especialmente para substituir a valsa cantada em castelhano e tocada no refeitório da escola. Todos cantavam o primeiro sucesso de Jair Amorim sem saber quem havia feito aquela letra.

Em 1930, Jair Amorim diplomou-se em Ciências e Letras. Com a morte do pai, não pode continuar os estudos. Arranjou emprego de revisor no ‘Diário da Manhã’. Trabalhou também nas seções de paginação, crônica social, crítica de teatro e de cinema.

Nessa época, fazia letras para os blocos de carnaval dos clubes de Vitória. Colocou letra nas melodias de Moacir Araújo e Clóvis Cruz.

Os poemas de Jair Amorim impressionaram o jurista Clóvis Ramalhete que o orientou a procurar melhor oportunidade no Rio de Janeiro. No dia 18 de julho de 1941, Com 26 anos, Jair deixava Vitória com imensa vontade de ser compositor.

Para pagar suas despesas escrevia crônicas para as revistas "Carioca" e "Vamos Ler". Logo depois, foi admitido como locutor na Rádio Clube do Brasil. Jair ia lendo os anúncios, escrevendo suas crônicas e sonhando em ser compositor.

Nessa época, conheceu o pianista da Rádio Clube, José Maria, compositor de valsas. Aos poucos, passou a fazer parte das rodas de boêmios. Conheceu Lamartine Babo, João de Barro e Dunga.

Carreira Musical

Quando terminava seu trabalho Jair Amorim ficava na emissora assistindo outros programas, entre eles, o de Arnaldo Amaral, quando teve a ideia de fazer a letra da música ‘Maria Helena’, do mexicano Lorenzo Barcelata, que era cantada em inglês e estava fazendo sucesso.

Com o apoio de José Maria, em meia hora a letra estava pronta. Lançada pela Continental na voz de Lenita Bruno no ano de 1942, pela primeira vez uma letra sua era gravada.

A dupla formada por José Maria e Jair Amorim durou cerca de dez anos e lançou muitos sucessos: Bem Sei (1942), Um Cantinho e Você (1948), Ponto Final (1949) e Alguém Como Tu (1952) que representou a consagração da parceria.

A primeira gravação de Alguém Como Tu surgiu na voz de Dircinha Batista, pela Odeon. Três meses depois a Continental lançou a música na interpretação de Dick Farney, o que consagrou de vez o samba-canção.

Alguém Como Tu

Alguém como tu
assim como tu
eu preciso encontrar.
Alguém sempre meu
de olhar como o teu
que me faça sonhar...

Jair Amorim e Evaldo Gouveia

Em 1958, Jair Amorim conheceu Evaldo Gouveia, que havia migrado do Ceará para o Rio de Janeiro com o Trio Nagô, em 1950. Na mesma noite fizeram a primeira canção: Conversa gravada por Alaíde Costa e depois por Maysa.

Jair Amorim desejava formar uma dupla estável e Evaldo Gouveia era o parceiro ideal. A dupla foi logo formada e, enquanto Evaldo dedilhava o violão, Jair ia criando as letras. Ao longo da parceria fizeram mais de cem músicas.

Entre suas composições encontram-se os mais variados ritmos e gêneros: bolero, samba-canção, valsa, marcha-rancho, balada e até um samba-iê-iê-iê (Rapaz da Moda, sucesso de Jair Rodrigues, 1966).

De acordo com o próprio Jair Amorim, o bolero Alguém Me Disse foi o seu primeiro grande sucesso em parceria com Evaldo Gouveia, gravada por Anísio Silva em 1960.

Alguém Me Disse

Alguém me disse que tu andas novamente
de novo amor, nova paixão, toda contente.
Conheça bem
tuas promessas
outras ouvi
iguais a essas...

Altemar Dutra foi um cantor que alcançou sucesso com várias músicas da dupla, Jair Amorim e Evaldo Gouveia, entre elas: Tudo de Mim (1963), Serenata da Chuva (1964), Que Queres Tu De Mim? (1964), Sentimental Demais (1965) e Brigas (1966).

Uma das mais felizes canções da parceria Jair Amorim e Evaldo Gouveia foi a marcha-rancho, Trovador, de 1964, gravada por Altemar Dutra, que permaneceu por muito tempo nos primeiros lugares das paradas de sucesso.

O Trovador

Sonhei que eu era um dia um trovador
dos velhos tempos que não voltam mais
cantava assim a toda hora
as mais lindas modinhas
do meu Rio de outrora.
Sinhá mocinha de olhar fugaz
se encontrava com os meus versos de rapaz...

Outro cantor que alcançou sucesso com músicas da dupla foi Miltinho. Poema do Olhar (1962) marcou época:

Poema do Olhar

Lembra um lugar
Lembra um olhar
Teu vulto amado
Lembra o sorriso
E O Paraíso
Que tive ao teu lado...

Passada a fase do bolero e do samba-canção, que Evaldo e Jair chamavam de música romântica, o samba novamente começou a se impor.

Vida familiar

Assim que chegou no Rio de Janeiro, Jair Amorim conheceu Virgínia. Foram dois anos de namoro e dois de noivado.. Em 1946 estavam casados. Juntos tiveram três filhos.

Jair Amorim faleceu em São José dos Campos, São Paulo, no dia 15 de outubro de 1993.

Veja também as biografias de:
  • Heitor Villa-Lobos (1887-1959) foi um maestro e compositor brasileiro, consid...
  • Antônio Carlos Jobim (1927-1994), conhecido como Tom Jobim, foi um compositor...
  • Carlos Gomes (1836-1896) foi um compositor brasileiro, autor da ópera O Guara...
  • Noel Rosa (1910-1937) foi um compositor, cantor e violonista brasileiro. Um d...
  • Ary Barroso (1903-1964) foi um compositor brasileiro, autor de "Aquarela do B...
  • João de Barro (1907-2006) foi compositor brasileiro. Também conhecido por Bra...
  • Lamartine Babo (1904-1963) foi um compositor brasileiro. Compôs canções de vá...
  • Ronaldo Bôscoli (1928-1994) foi um compositor, produtor musical e jornalista...
  • Juca Chaves (1938) é um compositor, músico e humorista brasileiro, famoso por...
  • Padre Maurício (1767-1830) foi compositor brasileiro de música sacra...

Última atualização: 11/09/2019

Dilva Frazão
Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.