Le Corbusier

Arquiteto franco-suíço

Biografia de Le Corbusier

Le Corbusier (1887-1965) foi um arquiteto, urbanista e pintor franco-suíço. Foi um dos mais importantes arquitetos do século XX. Teve grande importância para a formação da geração modernista de arquitetos brasileiros.

Le Corbusier, pseudônimo de Charles-Edouard Jeanneret-Gris, nasceu em La Chaux-de-Fonds, na Suíça, no dia 6 de outubro de 1887. Filho de Edouard Jeanneret, que trabalhava em uma renomada indústria de relógios, e de Jeannerct-Perrct, uma professora de piano, com 13 anos entrou para a escola de artes decorativas de sua cidade natal, com o objetivo de trabalhar na indústria de relógios, seguindo os passos de seu pai. Com 15 anos recebeu um prêmio da Escola de Artes Decorativas de Turim pelo desenho de um relógio.

Foi aluno do arquiteto Charles L’Eplattenier a quem chamava de “meu mestre”. Após deixar a escola, foi incentivado a estudar arquitetura e recebeu de L’Eplattenier a primeira licença para trabalhar em um projeto local. Com 19 anos, concluiu seu primeiro projeto de uma casa para um fabricante de relógios. Com 20 anos, com o objetivo de aprimorar seus conhecimentos, realizou uma viagem pela Europa. Visitou a Itália, Viena, Munique e Paris, onde esteve em contato com diversos arquitetos, e conheceu as grandes obras arquitetônicas antigas.

Em 1908 trabalhou no escritório do arquiteto francês Auguste Perret, o pioneiro no uso do concreto armado. Entre outubro de 1910 e março de 1911 esteve em Berlim, onde trabalhou como o renomado arquiteto e designer Peter Behrens, outro pioneiro da construção moderna. Ainda em 1911, percorreu a Europa Central e a Grécia. Em 1912, construiu a “Villa Schob” na Suíça, quando adotou simetria na planta que se insere dentro de um quadrado, projetando alguns terração, trazendo o exterior para dentro do edifício.

Em 1912, Le Corbusier retornou para sua cidade natal para lecionar ao lado de L’Eplattenier e em seguida abriu seu escritório de arquitetura. Seu primeiro projeto baseado no conceito simples e racional foi a “Casa don-ino”, de 1914, constituída com lajes planas, pilares e fundações em concreto armado, que propôs uma ordem racional entre os seus elementos e a sua construção. Através de sua teoria, Le Corbusier introduziu os Cinco Princípios Arquitetônicos: planta livre, teto-terraço, pilotis, esquadrias livres e grandes aberturas.

Em 1917 foi morar em Paris e começou a trabalhar na Sociedade de Aplicação do Concreto Armado. Em 1918, junto com o pintor Amédé Ozenfant publicou “Aprés le Cubisme”, onde fazia críticas ao movimento e cobrava o retorno do desenho rigoroso do objeto. Nessa época, iniciou-se na pintura sob o pseudônimo de Le Corbusier e fez exposições regulares até 1924.

Le Corbusier tornou-se conhecido entre a vanguarda parisiense antes mesmo de ter um número significativo de obras construídas. Apesar de fazer uma arquitetura para a qual ainda não havia mercado, sua notoriedade lhe proporcionou várias encomendas para construção de casas de campo nos arredores de Paris. Entre 1927 e meados de 1930, seu escritório elaborava projetos revolucionários de urbanismo para vários países, incluindo o Brasil, que visitou pela primeira vez em 1929.

Em 1930, Le Corbusier casou-se com a parisiense Yvonne Gallis, tornando-se cidadão francês. Em 1936 veio para o Brasil a convite do urbanista Lúcio Costa para prestar consultoria no projeto do Palácio Gustavo Capanema. Em 1940, quando Paris foi ocupada pelos nazistas, Le Corbusier refugiou-se no sul da França. Entre 1945 e 1949 atuou como consultor para a reconstrução das cidades destruídas pela guerra. Entre 1946 e 1947, junto com Oscar Niemeyer, participou dos estudos para a edificação da sede da ONU, em Nova Iorque. Entre 1950 e 1965, foi consagrado como um grande arquiteto internacional. Em 1959, recebeu o título de doutor honoris-causa pela Universidade de Cambridge.

Le Corbusier faleceu em Roquebrune-Cap-Martin, França, no dia 27 de agosto de 1965.

Veja também as biografias de:
  • Oscar Niemeyer (1907-2012) foi arquiteto brasileiro. Responsável pelo planeja...
  • Jean-Jacques Rousseau (1712-1778) foi um filósofo social e teórico político s...
  • Carl Gustav Jung (1875-1961) foi um psiquiatra suíço, fundador da escola da P...
  • Daniel Bernoulli (1700-1782) foi um importante matemático, físico e professor...
  • Paulo Mendes da Rocha (1928) é um arquiteto brasileiro. Premiado com o Leão d...
  • Roger Federer (1981) é um tenista suíço, um dos melhores jogadores de todos o...
  • Filippo Brunelleschi (1377-1446) foi um arquiteto, escultor e ourives italian...
  • Paul Klee (1879-1940) foi um pintor suíço, naturalizado alemão, considerado u...
  • Lúcio Costa (1902-1998) foi Arquiteto e Urbanista brasileiro. Autor do projet...
  • Leonhard Euler (1707-1783) foi um importante matemático e cientista suíço, fo...

Última atualização: 24/08/2017