Filippo Brunelleschi

Arquiteto italiano

Biografia de Filippo Brunelleschi

Filippo Brunelleschi (1377-1446) foi um arquiteto, escultor e ourives italiano, autor do projeto da cúpula da Igreja de Santa Maria del Fiori – a Catedral de Florença.

Filippo Brunelleschi (1377-1446) nasceu em Florença, Itália, no ano de 1377. Filho do notário Brunellesco di Lippo e de Giovana degli Spini recebeu boa educação. Foi aluno do matemático Paolo dal Pozzo Toscanelli, que lhe ensinou geometria linear. Interessado em arte e arquitetura, começou como ourives e trabalhou nas estátuas de Santo Agostinho e do Evangelista São João e nos bustos dos profetas Jeremias e Isaias, no altar de San Jacopo, na catedral de Pistoia.

Brunelleschi passou quinze anos em Roma estudando construções da Antiguidade ao lado do amigo célebre, o escultor Donatello. Impressionado com edifícios como o Panteão romano, retornou a Florença disposto a resgatar a glória arquitetônica do período clássico. Em 1418, entrou na disputa pelo projeto da cúpula (Domo) da Catedral de Santa Maria del Fiori, em Florença.

O projetista original da Catedral foi Arnolfo di Cambio, que iniciou a construção em 1926. Mas coube ao pintor Giotto a continuação do trabalho e do campanário, erguido à direita do templo. Em 1355, Francisco Talenti deu continuidade ao trabalho que havia sido interrompido, modificando sua estrutura e ampliando o projeto. Finalmente, em 1418, coube a Brunelleschi projetar a cúpula que foi concluída em 1438.

Filippo Brunelleschi foi tachado de doido ao propor uma solução para a cúpula que adicionava mais complexidade à tarefa: a construção não apenas de uma, mas de duas abóbadas superpostas. No espaço entre elas, uma escadaria permitiria subir até o topo, com 463 degraus. Com 45,5 metros de altura por 52 de diâmetro, a obra conserva até hoje o título de maior abóbada do mundo feita em argamassa e tijolos.

Ele inventou um guindaste capaz de içar as 37 mil toneladas de material do chão ao cume da abóbada, só com a tração de alguns animais. Na base da obra, o arquiteto embutiu ao alongo dos oito lados da cúpula, nove anéis circulares horizontais – referência aos círculos que compõem o Paraíso na Divina Comédia de Dante Alighieri. A façanha fez de Brunelleschi a primeira celebridade da arquitetura.

Brunelleschi também projetou outras obras em Florença, como a “Basílica de São Lourenço”, que apresenta uma planta em cruz e possui uma imponente cúpula, a “Capela Pazzi”, uma obra-prima da arquitetura do Renascimento italiano que está localizada no claustro da Basílica da Santa Cruz, a “Basílica do Espírito Santo” que só foi concluída depois de sua morte, o “Palácio Pitti” com estilo renascentista inspirado na arquitetura romana que só foi iniciada em 1446 e o “Hospital dos Inocentes”, um notável exemplo da arquitetura do Renascimento italiano, onde hoje funciona um museu de arte renascentista.  

Filippo Brunelleschi faleceu em Florença, Itália, no dia 15 de abril de 1446.

Veja também as biografias de:
  • Giotto (1266-1337) foi um pintor e arquiteto italiano, autor do desenho do "C...
  • Oscar Niemeyer (1907-2012) foi arquiteto brasileiro. Responsável pelo planeja...
  • Paulo Mendes da Rocha (1928) é um arquiteto brasileiro. Premiado com o Leão d...
  • Lúcio Costa (1902-1998) foi Arquiteto e Urbanista brasileiro. Autor do projet...
  • Santiago Calatrava (1951) é um arquiteto e engenheiro espanhol, um expoente d...
  • Leonardo da Vinci (1452-1519) foi um pintor italiano. "Mona Lisa" foi uma das...
  • Galileu Galilei (1564-1642) foi um matemático, físico, astrônomo e filósofo i...
  • Benito Mussolini (1883-1945) foi um político italiano. Foi líder do Partido F...
  • Rafael Sanzio (1483-1520) foi um pintor italiano, uma das grandes expressões...
  • Américo Vespúcio (1451-1512) foi um navegador italiano. Em sua homenagem, as...

Última atualização: 09/06/2017