Lúcio Costa

Arquiteto e urbanista brasileiro

Biografia de Lúcio Costa

Lúcio Costa (1902-1998) foi Arquiteto e Urbanista brasileiro. Autor do projeto do Plano Piloto da Cidade de Brasília, a capital do Brasil, obra que o consagrou como urbanista.

Lúcio Costa (1902-1998) nasceu na cidade de Touln, França, no dia 27 de fevereiro de 1902. Filho do almirante Joaquim Ribeiro da Costa, passou grande parte de sua infância viajando, em função do trabalho do pai. Estudou no Royal Grammar School, em Newcastle, Inglaterra e no Collège National, em Montreal, Suíça. Em 1917, de volta ao Brasil, ingressa na Escola Nacional de Belas Artes, concluindo o curso de arquitetura e pintura, em 1924.

Entre os anos de 1922 e 1929 manteve escritório de arquitetura, em sociedade com Fernando Valentim, realizando projetos seguindo o estilo neoclássico. Ainda em 1929 conhece a Casa Modernista de São Paulo, do arquiteto russo-brasileiro, Gregori Warchavchik. Em 1930, após a Revolução de 1930, a convite de Rodrigo Melo Franco, é nomeado diretor da Escola Nacional de Belas Artes, com o objetivo de implantar um curso de arquitetura moderna, enfrentado oposição do corpo docente.

Em 1931, Lúcio Costa organiza no Rio de janeiro, o Salão Revolucionário e nesse mesmo ano é exonerado do cargo de diretor. Em 1935 é convidado pelo Ministro Gustavo Capanema para elaborar o projeto da nova sede do Ministério da Educação e Saúde do Rio de Janeiro. Trabalha em conjunto com vários arquitetos, entre eles, Affonso Eduardo Reidy, Carlos Leão e Oscar Niemeyer, sob a coordenação de Le Corbusier.

Em 1937, é nomeado diretor da Divisão de Estudos e Tombamentos, do Serviço de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - SPHAN. Em 1937 realiza o projeto do Museu das Missões, em São Miguelinho, Rio Grande do Sul. Em 1939, em parceria com Niemeyer, projeta o Pavilhão do Brasil na Feira Mundial de Nova Iorque.

Entre a realização de várias obras, em 1957, participa do concurso para o projeto da nova capital do país. É o vencedor e prepara todo o projeto urbanístico. Trabalhou junto com Joaquim Cardoso, Oscar Niemeyer, entre outros, e no dia 21 de abril de 1960 Brasília era inaugurada.

Em 1960, recebeu o título de Professor Honoris Causa da Universidade de Harvard. Em 1964 é chamado para chefiar uma equipe para projetar a reconstrução de Florença, destruída por uma inundação. Em 1995, Lúcio Costa lança o livro autobiográfico: "Registro de uma Vivência", contendo projetos, ensaios críticos e cartas pessoais.

Lúcio Marçal Ferreira Ribeiro Lima Costa faleceu no Rio de Janeiro, no dia 13 de junho de 1998.

Veja também as biografias de:
  • Oscar Niemeyer (1907-2012) foi arquiteto brasileiro. Responsável pelo planeja...
  • Paulo Mendes da Rocha (1928) é um arquiteto brasileiro. Premiado com o Leão d...
  • Filippo Brunelleschi (1377-1446) foi um arquiteto, escultor e ourives italian...
  • Frank Gehry (1929) é um arquiteto canadense naturalizado norte-americano, aut...
  • Giotto (1266-1337) foi um pintor e arquiteto italiano, autor do desenho do "C...
  • Santiago Calatrava (1951) é um arquiteto e engenheiro espanhol, um expoente d...
  • Le Corbusier (1887-1965) foi um arquiteto, urbanista e pintor franco-suíço. F...
  • Frank Lloyd Wright (1867-1959) foi um arquiteto norte-americano, autor de fam...
  • Bernini (1598-1680) foi um escultor, arquiteto, pintor, cenógrafo e urbanista...
  • Monteiro Lobato (1882-1948) foi escritor e editor brasileiro. "O Sítio do Pic...

Última atualização: 16/12/2015