Bernini

Escultor e arquiteto italiano

Biografia de Bernini

Bernini (1598-1680) foi um escultor, arquiteto, pintor, cenógrafo e urbanista, um expoente do Barroco Italiano, o maior escultor do século XVII, autor das grandes colunas da Praça de São Pedro, e do baldaquino, cúpula sustentada por colunas retorcidas que estão sobre o Altar Maior da Basílica de São Pedro no Vaticano

Gian Lorenzo Bernini nasceu em Nápoles, Itália, no dia 7 de dezembro de 1598. Filho do escultor maneirista Pietro Bernini aprendeu no atelier do pai a arte de esculpir. Ainda criança, mudou-se com a família para Roma, onde o pai iria realizar a decoração da Capela Paulina da Basílica de Santa Maria Maggiore.  Nos séculos XVI e XVII, Roma foi marcada por grandes obras, em capelas, altares, monumentos funerais e por elementos decorativos que invadiram os edifícios religiosos, o que permitiu o artista mostrar seu talento de forma precoce.

As primeiras obras de Bernini já mostravam a ruptura com o maneirismo tardio e a busca de um dramatismo com efeitos cenográficos. Foi contratado para decorar os “Jardins do Cardeal Scipione Borghese”, sobrinho do Papa Paulo V, e em seguida, para decorar a vila do cardeal, quando realizou obras primas, como “Enéas, Anquises e Ascânio” e “O Rapto da Prosérpina” onde consegue dar um efeito impressionante ao retratar as mãos de Plutão no corpo da mulher que ele tenta arrastar para o mundo inferior, e “Apolo e Dafne” (1622-1625), uma escultura em tamanho natural, que faz alusão à perseguição do deus grego Apolo à ninfa Dafne.

Em 1624, Bernini foi nomeado arquiteto da Basílica de São Pedro, no Vaticano, pelo papa Urbano VIII. A partir de então, trabalhou para todos os papas, com menor intensidade para Inocêncio X, que preferiu outros artistas. De suas realizações para a Basílica de São Pedro destaca-se o grande “baldaquino” (cúpula sustentada por colunas), sobre o altar central, construído em bronze escuro e dourado, sustentado por quatro colunas em espiral, apoiadas sobre uma base de mármore, debaixo da qual, segundo a tradição católica, encontra-se a sepultura de São Pedro, o primeiro dos apóstolos.

Bernini foi encarregado da decoração da nave principal da Basílica, concluída em 1626. Em 1627, Bernini inicia o trabalho no “Túmulo do Papa Urbano VIII”, em bronze dourado e mármore, que só terminaria em 1647. É também de Bernini a estátua monumental de “São Longuinho” (1628-1639), que ocupa um dos quatro nichos redondos da Basílica, e a Estátua Equestre de Constantino, situada em um nicho na entrada norte da basílica.

Em 1629, Bernini projeta, com a colaboração de seu pai, a “Fonte Della Barcaccia”, na Piazza de Spagna. Neste mesmo ano, é encarregado de terminar o Palazzo Barberini, da família do papa Urbano VIII, onde hoje funciona o “Museu Nacional de Arte Antiga”. Entre 1642 e 1643, realiza a obra da “Fonte de Tritão”, e em 1644, a pedido do papa Inocêncio X, executa a “Fonte dos Quatro Rios” na Praça Navona.

Entre 1656, a pedido do papa Alexandre VII, Bernini inicia sua maior obra, as colunas que rodeiam a praça na entrada da Basílica de São Pedro. A obra de grandes dimensões possui monumentais estátuas de papas, santos e mártires católicos que adornam a parte superior de todo o conjunto. Desenhadas por Bernini, as 140 estátuas de três metros de altura, foram esculpidas por outros artistas e a obra só foi concluída em 1673.

Bernini faleceu em Roma, Itália, no dia 28 de novembro de 1680. 

Obras de Bernini

  • O Rapto de Prosérpina
  • Apolo e Dafne
  • Enéas, Anquise e Ascânio
  • O Êxtase de Santa Tereza
  • Santa Bibiana
  • São Longuinho
  • São Sebastião
  • Busto de Santoni
  • Busto do Papa Paulo V
  • Busto do Papa Inocêncio X
  • Busto de Alexandre VII
  • Estátua Equestre de Constantino
  • Busto de Francisco I
  • Salvator Mundi
  • Igreja de Santa Bibiana
  • Baldaquino da Basílica de São Pedro no Vaticano
  • Praça de São Pedro
  • Escada Real
  • Túmulo de Urbano VIII
  • Túmulo de Alexandre VII
  • Capela Chigi
  • Fonte dos Quatro Rios - na Piazza Navona
  • Fonte da Barcaccia - na Piazza de Spagna
  • Fonte de Tristão – na Piazza Barberini
  • Castelo de Santo Ângelo
  • Palácio Barberini
  • Igreja de Sant’ Andrea al Quirinale
  • Elefante do Obelisco na Piazza Minerva
Veja também as biografias de:
  • Filippo Brunelleschi (1377-1446) foi um arquiteto, escultor e ourives italian...
  • Giotto (1266-1337) foi um pintor e arquiteto italiano, autor do desenho do "C...
  • Donatello (1386-1466) foi um escultor italiano, um dos grandes artistas da ar...
  • Michelangelo (1475-1564)foi um pintor, escultor e arquiteto italiano. É consi...
  • Cellini (1500-1571) foi um ourives e escultor italiano. Entrou para a históri...
  • Oscar Niemeyer (1907-2012) foi arquiteto brasileiro. Responsável pelo planeja...
  • Paulo Mendes da Rocha (1928) é um arquiteto brasileiro. Premiado com o Leão d...
  • Lúcio Costa (1902-1998) foi Arquiteto e Urbanista brasileiro. Autor do projet...
  • Santiago Calatrava (1951) é um arquiteto e engenheiro espanhol, um expoente d...
  • Le Corbusier (1887-1965) foi um arquiteto, urbanista e pintor franco-suíço. F...

Última atualização: 06/12/2017