Giotto

Pintor e arquiteto italiano

Biografia de Giotto

Giotto (1266-1337) foi um pintor e arquiteto italiano, autor do desenho do "Campanário de Giotto", torre que se ergue na Praça do Dumo, junto à Catedral de Florença. Realizou obras em Assis, Roma, Pádua, Florença, Nápoles, Bolonha e Milão.

Giotto (1266-1337) nasceu na pequena aldeia de Vespignano, perto de Florença, no ano de 1266. Filho de um capones, dono de uma propriedade nas encostas de Apeninos, que serviam de pasto para as ovelhas da família. Uma "lenda" conta que Giotto estava sempre preocupado em desenhar as ovelhas, nas pedras do local, em vez de cuidar delas, como bom pastor.

Um dia, um estranho passando pelo local, viu os desenhos do garoto e indagou se ele gostaria de se aperfeiçoar na arte de pintar e tornar-se pintor. Com o consentimento de seu pai, Giotto aceitou. Foram dez anos de aprendizagem no estúdio daquele viajante, que era Cenni di Pepo, mais conhecido por Cimabue, o melhor pintor da época, mas só até o momento em que foi ultrapassado por seu próprio discípulo.

Em 1280, acompanha seu mestre, Cimabue, em frequentes viagens entre Roma e Assis. Durante esse período, aprendia a dominar os pincéis, as cores e as formas e ao mesmo tempo desenvolvia suas próprias ideias sobre pintura. Achava indispensável representar traços humanos nos santos. Sua revolta contra o caráter abstrato da arte bizantina aparece já em seus primeiros trabalhos pintados em Florença, como na “Vírgem com o Menino e os Anjos” (1295) (acervo do Museu Diocesano da Igreja de San Giorgio ala Costa, Florença). Nesse mesmo ano, filia-se à Confraria dos Pintores.

Em 1296, Giotto é chamado para decorar as Igrejas construídas sobre o túmulo de São Francisco de Assis. O pintor dividiu a parede da igreja inferior em 38 quadros, mostrando em cada um deles um episódio da vida do santo. Foram quatro anos trabalhando em Assis. Entre a série de afrescos estão: "O Milagre da Fonte", o "Sermão aos Pássaros", “Lamentação” e “A Morte de São Francisco”.

Conhecido pelos afrescos de Assis, Giotto foi levado para Roma pelo Papa Bonifácio VIII, e ali realiza um mosaico grandioso, "Cristo Andando Sobre as Águas" (acervo da Catedral de São Pedro). Pintou também um altar para a Catedral Stefaneschi (Galeria do Vaticano). Participou da pintura do mural comemorativo do jubileu de 1300, nas paredes da Igreja de São João de Latrão, "Bonifácio VII Proclamando o Jubileu". Pintou também o retrato de São Francisco recebendo "As Chagas de Cristo", (acervo do Museu do Louvre, Paris).

Em 1304, Giotto se encontra em Pádua, para executar a encomenda da decoração da Capela dos Scrovegni, onde pintou um grande número de afrescos, entre eles, o "Último Juízo", "Vida de Maria", “Anunciação", "Pentecostes", “As Virtudes e os Vícios” e "A Vida e Paixão de Cristo".

De volta para Florença, inicia a pintura das capelas Peruzzi e Bardi, na Igreja de Santa Cruz. Abre um estúdio e escolhe para seus auxiliares pintores de renome, entre eles, Taddeo Gaddi, e seu neto, Stefano. Durante os vinte anos que se seguem, produz uma vasta obra, entre elas, “A Morte da Vírgem” (museu de Berlim), “A Virgem com o Menino” (coleção Wildenstein, Nova Iorque), “Santo Estevão” (Museu Horne, Florença) e a “Crucificação” (Museu de Berlim).

Em 1328 foi para Nápoles, onde o rei lhe outorga o título honorífico de “Membro da Casa Real”. O convida para o sul da península, mas por algum motivo nenhuma das suas obras daquele período chegou até nós. Passa ainda por Bolonha, onde pinta um retábulo e decora a capela do Castelo Galliera.

Em 1334 retorna para Florença, quando é convidado para projetar um campanário quadrado, o “Campanário de Giotto”, que recoberta de mármore se ergue junto à Catedral de Florença. O mestre-chefe das obras desenhou o campanário, mas não pode vê-lo pronto, faleceu antes do seu término.

Ambrogiotto Bondone faleceu em Florença, Itália, no dia 8 de janeiro de 1337.

Veja também as biografias de:
  • Filippo Brunelleschi (1377-1446) foi um arquiteto, escultor e ourives italian...
  • Leonardo da Vinci (1452-1519) foi um pintor italiano. "Mona Lisa" foi uma das...
  • Rafael Sanzio (1483-1520) foi um pintor italiano, uma das grandes expressões...
  • Caravaggio (1571-1610) foi um pintor italiano, o mais revolucionário artista...
  • Sandro Botticelli (1445-1510) foi um pintor italiano, considerado um dos maio...
  • Ticiano (1489-1576) foi um pintor italiano, um dos principais artistas da esc...
  • Giorgio Morandi (1890-1964) foi um dos maiores pintores italianos do século X...
  • Michelangelo (1475-1564)foi um pintor, escultor e arquiteto italiano. É consi...
  • Fra Angelico (1395-1455) foi um pintor religioso italiano do fim do período G...
  • Oscar Niemeyer (1907-2012) foi arquiteto brasileiro. Responsável pelo planeja...

Última atualização: 01/06/2017