Ticiano

Pintor italiano

Biografia de Ticiano

Ticiano (1489-1576) foi um pintor italiano, um dos principais artistas da escola veneziana de pintura do Renascimento Italiano.

Ticiano Vecellio (Tiziano) (1489-1576) nasceu na cidade de Pieve di Cadore, na Itália, por volta de 1489. Com 12 anos, foi levado a Veneza, para a casa de um tio, para estudar pintura na oficina de Sesbastiano Zuccato, especializado em mosaicos. Em seguida Ticiano foi estudar com o mestres Gentile Bellini. Pouco tempo depois ingressou no ateliê de Giovanni Bellini, irmão de Gentile. Em 1508 passou a colaborar com o mestre Giorgione, na decoração do Fondaco del Tedeschi.

Após a morte prematura de Giorgione, em 1510, Ticiano foi encarregado de terminar várias obras inacabadas do mestre, entre elas a “Vênus Adormecida” e o “Concerto Campestre”, o que causou polêmica sobre a autoria dessas obras.

Ao trabalhar sozinho, sua primeira grande obra foi na decoração da Scuola Del Santo, em Pádua, em 1510. Em 1513, abriu seu ateliê, quando passou a contar com dois assistentes. Em 1516, é contratado para pintar o altar da Basílica de Maria Gloriosa dei Frari, uma das maiores igrejas de Veneza. São dessa época: “Anunciação da Virgem” (1518) e “Vírgem de Pesaro”, ou “Madonna di Ca’ Pesaro” (1526).

Ticiano havia adquiriu fama e glória. Foi um pintor inovador com o uso da tinta a óleo e iniciou uma revolução no mundo das cores. Em 1518, foi convidado pelo Duque de Ferrara, Alfonso d’Este, para pintar figuras mitológicas, entre elas, “Adoração a Vênus” (1520), “Baco e Ariadne” (1523) e “Bacanais” (1525).

Ticiano foi um dos retratistas mais procurados por pessoas poderosas de sua época, trabalho que o levou a várias cidades italianas. Realizou pinturas religiosas, mitológicas e também paisagens. Causou escândalo ao pintar nus em cenas bíblicas. Em 1525, casou-se com Cecília, que veio a falecer quando deu a luz ao seu terceiro filho.

Por volta de 1533, Ticiano foi contratado como pintor da corte de Carlos V, do Sacro Império Romano. Pintou “Retrato de Carlos V com o Cão” (1533) e “O Imperador Carlos V em Muhlberg” (1548), entre outras. Recebeu do imperador o título de Conde Palatino e Cavaleiro da Espora Dourada. Em agradecimento, o artista pintou o autorretrato do imperador.

Em 1545, Ticiano esteve em Roma onde retratou o Papa Paulo III. A partir de 1550, esteve a serviço na corte de Felipe II, na Espanha, realizando grandes obras, entre elas, “O Retrato de Felipe II com Armadura” (1551), “Danae Recebendo a Chuva de Ouro” e ”O Rapto de Europa” (1562).

Ticiano Vecellio faleceu em Veneza, Itália, no dia 27 de agosto de 1576.

Veja também as biografias de:
  • Leonardo da Vinci (1452-1519) foi um pintor italiano. "Mona Lisa" foi uma das...
  • Rafael Sanzio (1483-1520) foi um pintor italiano, uma das grandes expressões...
  • Caravaggio (1571-1610) foi um pintor italiano, o mais revolucionário artista...
  • Sandro Botticelli (1445-1510) foi um pintor italiano, considerado um dos maio...
  • Giorgio Morandi (1890-1964) foi um dos maiores pintores italianos do século X...
  • Michelangelo (1475-1564)foi um pintor, escultor e arquiteto italiano. É consi...
  • Giotto (1266-1337) foi um pintor e arquiteto italiano, autor do desenho do "C...
  • Fra Angelico (1395-1455) foi um pintor religioso italiano do fim do período G...
  • Galileu Galilei (1564-1642) foi um matemático, físico, astrônomo e filósofo i...
  • Benito Mussolini (1883-1945) foi um político italiano. Foi líder do Partido F...

Última atualização: 03/07/2015