Amedeo Modigliani

Pintor italiano

Biografia de Amedeo Modigliani

Amedeo Modigliani (1884-1920) foi um pintor italiano, famoso por seus retratos femininos com rostos e pescoços alongados que fizeram dele uma das grandes personalidades da pintura do início do século XX.

Amedeo Clemente Modigliani nasceu em Livorno, Itália, no dia 12 de julho de 1884. Foi o quarto filho de uma família judia de pequenos comerciantes. Desde pequeno sofreu com diversas doenças que comprometeram seus estudos regulares. Começou a estudar pintura em sua cidade natal, na Escola de Belas Artes, com Guglielmo Micheli. 

Em 1898, Modigliane esteve em Florença quando frequentou o estúdio de Guglielmo. Nessa época, conheceu Giovanni Fattori, sendo influenciado pelo Movimento dos Macchiaioli. Posteriormente, mostrou interesse pelo Movimento Modernista. Em 1906 se mudou para Paris, onde frequentou os círculos artísticos e literários, fazendo amizade com os pintores Utrillo e Pablo Picasso, e com o poeta Leopold Zborowski.

Em 1908 apresentou cinco telas no Salão dos Independentes, entre elas, “A Mulher Judia” e “O Violoncelista”. Em 1909, Amedeo Modigliane conheceu o escultor romano Constantin Brancusi e influenciado por ele, abandonou a pintura e passou a se dedicar à escultura. Nesse período, trabalhou em esculturas gregas arcaicas como os jovens atletas desnudos e também nas máscaras africanas. Em 1912, expôs um conjunto decorativo de oito cabeças de pedra no Salão de Outono.

A retornar à prática da pintura se tornou um mestre em retratos elegantes e alongados. Entre seus retratos se destacam: “Madame Kisling” (1917), “Paul Guillaumé” (1915), “A na Zborowska” (1917) e “Madame Pompadour” (1915), em homenagem a uma de suas amantes Beatrice Hasting.

Muitas vezes, Modigliani é citado como um expressionista, no entanto, o artista nunca se interessou por representar a natureza, só se conhece três paisagens e nunca representou nenhuma natureza morta. Suas esculturas não se enquadram em nenhuma tendência predominante na época – o cubismo e o futurismo.

Entre 1915 e 1917, debilitado pelo alcoolismo e pelas drogas, Modigliani começou uma série de nus femininos que se encontram entre suas melhores obras. Em 1917, conhece o poeta e marchand Leopold Zborowski que o incentivou a realizar uma exposição individual na Galeria Berthe Weill. A exposição que causou um escândalo por seus nus durou apenas um dia. Entre as obras destacam-se: “Nu Deitado”, “Nu Assis Sur um Divan” e “Nu Com Braços Abertos”.

Nesse mesmo ano, começou uma relação com a pintora Jeanne Hebuterne, com quem teve uma filha em 1918. Dois anos depois, o artista morre de tuberculose. Tragicamente, um dia após sua morte, sua esposa, grávida de nove meses, atira-se do quinto andar de um edifício.

Amedeo Modigliani faleceu em Paris, França, no dia 24 de janeiro de 1920.

Veja também as biografias de:
  • Leonardo da Vinci (1452-1519) foi um pintor italiano. "Mona Lisa" foi uma das...
  • Rafael Sanzio (1483-1520) foi um pintor italiano, uma das grandes expressões...
  • Caravaggio (1571-1610) foi um pintor italiano, o mais revolucionário artista...
  • Sandro Botticelli (1445-1510) foi um pintor italiano, considerado um dos maio...
  • Ticiano (1489-1576) foi um pintor italiano, um dos principais artistas da esc...
  • Giorgio Morandi (1890-1964) foi um dos maiores pintores italianos do século X...
  • Michelangelo (1475-1564)foi um pintor, escultor e arquiteto italiano. É consi...
  • Giotto (1266-1337) foi um pintor e arquiteto italiano, autor do desenho do "C...
  • Fra Angelico (1395-1455) foi um pintor religioso italiano do fim do período G...
  • Galileu Galilei (1564-1642) foi um matemático, físico, astrônomo e filósofo i...

Última atualização: 26/12/2017