Pietro Perugino

Pintor italiano
Por Dilva Frazão
Biblioteconomista e professora

Biografia de Pietro Perugino

Pietro Perugino (1450-1523) foi um importante pintor do Renascimento italiano. Sua fama se deve ao fato de ter sido o mestre de Rafael Sanzio e da grande influência que exerceu sobre o discípulo.

Por muito tempo se discutiu se a obra “Sposalizio della Vergine” (Casamento da Virgem) de Perugino não seria uma primeira versão da obra homônima de Rafael.

Pietro de Cristoforo Vannucci nasceu em Cità dela Pieve, perto de Perugia, Itália, por volta de 1450. Foi aluno de Fiorenzo di Lorenzo, em Perugia e de Piero dela Francesca, em Arezzo.

Trabalhou muito tempo em Perugia quando recebeu o apelido de Perugino. Em Florença, onde se registrou sua presença pela primeira vez em 1472, trabalhou no ateliê de Verrochio, onde Leonardo da Vinci era aprendiz.

O primeiro trabalho feito por Perugino foi o afresco Saint Sebastian, pintado na Igreja de Santa Maria Assunta em Cerqueto, perto de Perugia.

pietro perugino
Sait Sebastian (1478)

Por volta de 1480, Perugino foi chamado a Roma para participar com Botticelli, Ghirlandaio e Signorelli da ornamentação dos afrescos da Capela Sistina no Vaticano. Na capela, pintou um afresco que se tornou o mais famoso do artista: Entrega das Chaves a São Pedro.

pietro perugino
Entrega das Chaves a São Pedro (1481-1482)

A partir de 1490 Perugino esteve no auge de sua carreira. Entre as obras desse período destacam-se: Visão de São Bernardo, Madona com o Menino e Santos e Pietá.

pietro perugino
Visão de São Bernardo (1493)
pietro perugino
Madona com o Menino e Santos (1493)
pietro perugino
Pietà (1493)

Em 1503, Pietro Perugino pintou o afresco Crucificação, no Convento Santa Maria Madalena de Pazzi, em Florença.

pietro perugino
Crucificação (1503)

Entre 1501 e 1504, Perugino se dedicou à pintura da obra Sposalizio dela Vergine (Casamento da Virgem) na Capela del Santo Anello na Catedral de Perugia. Por muito tempo se discutiu se a obra seria uma primeira versão da obra homônima de Rafael Sanzio, seu aluno.

pietro perugino
Spolsalizio della Vergine (1501-1504)

Em 1505, o artista deixou Florença e passou a trabalhar na Umbria para um público menos exigente. Em 1508, foi chamado para pintar broquéis no teto da Stanza dell’Incendio, no Vaticano, enquanto os afrescos das paredes eram pintados por seu discípulo Rafael.

pietro perugino
Teto da Stanza dell"Incendio (1508)

Pietro Perugino estava ainda em atividade quando faleceu de peste, em Fontignano, em fevereiro de 1523.

Dilva Frazão
É bacharel em Biblioteconomia pela UFPE e professora do ensino fundamental.
Veja também as biografias de:
  • Leonardo da Vinci (1452-1519) foi um pintor italiano. "Mona Lisa" foi uma das...
  • Rafael Sanzio (1483-1520) foi um pintor italiano, uma das grandes expressões...
  • Sandro Botticelli (1445-1510) foi um pintor italiano, considerado um dos maio...
  • Caravaggio (1571-1610) foi um pintor italiano, o mais revolucionário artista...
  • Ticiano (1489-1576) foi um pintor italiano, considerado um dos principais rep...
  • Amedeo Modigliani (1884-1920) foi um pintor e escultor italiano, conhecido co...
  • Giorgio Vasari (1511-1574) foi um pintor, arquiteto e biógrafo italiano, prod...
  • Giorgio Morandi (1890-1964) foi um dos maiores pintores italianos do século X...
  • Luca Signorelli (1445-1523) foi um pintor italiano. Sua obra-prima são os afr...
  • Michelangelo (1475-1564)foi um pintor, escultor e arquiteto italiano. É consi...