Rafael Sanzio

Pintor italiano

Biografia de Rafael Sanzio

Rafael Sanzio (1483-1520) foi um pintor italiano, uma das grandes expressões do Renascimento. Mestre da pintura e arquitetura da Escola de Florença. É considerado um dos maiores pintores do renascimento juntamente com Leonardo da Vinci e Michelangelo.

Rafael Sanzio (1483-1520) nasceu em Urbino, na Itália, no dia 06 de abril de 1483. Filho de Giovanni Santi, pintor da corte do duque de Urbino, cresceu em meio às artes, e com quinze anos pintou um autorretrato, sua primeira obra. Ficou órfão ainda jovem indo morar com seu tio Bartolomeu, um sacerdote.

Iniciou seus estudos com o mestre da Úmbria, Pietro Perugino. Em 1501 já era considerado um mestre. Em 1502 concluiu seu primeiro trabalho, o “Retábulo Baronci”, para a igreja de São Nicolau de Tolentino. Em seguida foi para a cidade de Sienna, onde pintou uma série de afrescos na Biblioteca Piccolomini, e na Catedral Sienna, sempre com a ajuda do assistente de seu antigo mestre.

Entre 1504 e 1508, Rafael Sanzio viveu em Florença, onde recebeu influência de Michelangelo e de Leonardo da Vinci. Aprendeu as técnicas de afresco com o pintor Perugino. Destacou-se nessa época com a pintura "O Casamento da Virgem" (1504) e "A Deposição de Cristo" (1507). Em 1508 pintou "Madona do Baldaquino", que continha a estética absorvida através do grande mestre, Michelangelo. Sob a influência de Leonardo da Vinci, pintou "Madona Esterházy" (1508) e "A Bela Jardineira" (1508).

Em 1508, foi convidado pelo papa Júlio II para ir a Roma, para decorar com afrescos vários recintos do Vaticano. No primeiro deles, a Stanza della Segnatura, Rafael pintou uma de suas maiores obras, "A Escola de Atenas" (1509-1511), onde fez uma homenagem aos antigos sábios gregos. No centro do afresco, ocupando o lugar principal, estão Platão e Aristóteles. Como a filosofia de Platão é espiritualista, ele foi representado apontando para o alto. E como a filosofia de Aristóteles é baseada na experiência e na observação da realidade, ele aparece apontando para o chão.

Aparece ainda no afresco, os matemáticos Pitágoras, Euclides, os filósofos Epicuro, Diógenes, o astrônomo Ptolomeu e outros. A figura meditativa do filósofo Heráclito, na verdade é o retrato de Michelangelo, que na época estava pintando o teto da Capela Sistina, Após a morte de Júlio II, Rafael continuou trabalhando para o sucessor, o papa Leão X. A última pintura de Rafael foi “Transfiguração” (1520).

Raffaello Sanzio morreu em Roma, na Itália, no dia 6 de abril de 1520. Seu corpo foi sepultado no Panteão de Roma.

Veja também as biografias de:
  • Leonardo da Vinci (1452-1519) foi um pintor italiano. "Mona Lisa" foi uma das...
  • Caravaggio (1571-1610) foi um pintor italiano, o mais revolucionário artista...
  • Botticelli (1445-1510) foi um pintor italiano, considerado um dos maiores pin...
  • Ticiano (1489-1576) foi um pintor italiano, um dos principais artistas da esc...
  • Giorgio Morandi (1890-1964) foi um dos maiores pintores italianos do século X...
  • Michelangelo (1475-1564)foi um pintor, escultor e arquiteto italiano. É consi...
  • Giotto (1266-1337) foi um pintor e arquiteto italiano, autor do desenho do "C...
  • Fra Angelico (1395-1455) foi um pintor religioso italiano do fim do período G...
  • Galileu Galilei (1564-1642) foi um matemático, físico, astrônomo e filósofo i...
  • Benito Mussolini (1883-1945) foi um político italiano. Foi líder do Partido F...

Última atualização: 13/08/2015