Maria Clara Machado

Escritora e dramaturga brasileira
Por Dilva Frazão

Biografia de Maria Clara Machado

Maria Clara Machado (1921-2001) foi uma escritora, dramaturga e atriz brasileira, autora de famosas peças infantis e fundadora do “Tablado”, uma importante escola de formação de atores.

Maria Clara Jacob Machado nasceu em Belo Horizonte, Minas Gerais, no dia 3 de abril de 1921. Filha de Aníbal Machado, escritor e crítico literário, e de Aracy Varela, com 4 anos mudou-se com a família para o Rio de Janeiro.

Desde criança conviveu com grandes nomes da literatura, da música e da pintura que frequentavam sua casa, entre eles, Carlos Drummond de Andrade, Vinícius de Moraes, Rubem Braga, Tônia Carreiro e Di Cavalcanti.

Com oito anos fico órfã de mãe. Com 15 anos ingressou no Movimento Bandeirante, época em que descobriu sua vocação para o teatro. Colaborando com o Instituto Pestalozzi, começou a escrever histórias para o teatro de bonecos.

Em 1949, Maria Clara participou da criação do grupo de teatro amador “Os Farsantes”, que montou a peça “A Farsa do Advogado Pathelin”, levada ao teatro de Bolso no Rio de Janeiro.

Com 28 anos, Maria Clara recebeu uma bolsa de estudos do governo francês para cursar a escola de atores “Education Par les Jeux Dramatiques”, em Paris, onde permaneceu durante um ano.

Convidada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura, durante as férias, Maria Clara fez um curso de teatro em Londres.

De volta ao Brasil, Maria Clara fez parte do elenco do filme “Ângela” (1951) produzido pela Companhia Vera Cruz.

Fundação do Tablado

Em 1951, com o apoio do pai e de um grupo de amigos, Maria Clara fundou a escola de teatro amador “Tablado”, que estreou com a apresentação da peça “O Pastelão e a Torta”. Nesse mesmo ano, apresentou a peça “A Moça da Cidade”, ambas sob sua direção.

Seu primeiro grande sucesso veio com a peça “O Boi e o Burro a Caminho de Belém” (1953), um auto de Natal, originalmente escrita para o teatro de bonecos, que recebeu elogios da crítica.

Em 1954, Maria Clara apresentou outra peça de sucesso “O Rapto das Cebolinhas”, que recebeu o Prêmio de “Melhor Autor”, no Concurso Anual de Peças Infantis da Prefeitura do Distrito Federal.

Pluft, o Fantasminha

Em 1955, Maria Clara apresentou o maior sucesso do Tablado: a peça “Pluft, o Fantasminha”, que recebeu os prêmios de “Melhor Autor” e “Melhor Espetáculo”, da Associação Paulista de Críticos de Teatro.

Maria Clara Machado

A peça, que tem uma hora de duração e apresenta um texto com humor e poesia foi considerada pela autora como a sua obra mais completa.

Em 1956 Maria Clara Machado iniciou a publicação dos “Cadernos de Teatro”. Entre 1959 e 1974, foi professora de Improvisação no Conservatório Nacional de Teatro.

Em 1964, Maria Clara Machado iniciou o primeiro curso regular de teatro no Tablado e permaneceu na coordenação do mesmo até o ano de 1999.

O “Tablado” foi o responsável pela formação de várias gerações de atores, entre eles, Marieta Severo, Louise Cardoso, Drica Moraes, Malu Mader e Cláudia Abreu.

Outras peças de Maria Clara Machado

Maria Clara Machado foi considerada a maior autora de teatro infantil do país. Entre 1953 e 2000, Maria Claro escreveu um total de 27 peças para o público infantil, entre elas:

  • A Bruxinha Que Era Boa (1958)
  • O Cavalinho Azul” (1960)
  • A Menina e o Vento (1963)
  • Maria Minhoca (1968)
  • O Patinho Feio (1976)
  • O Dragão Verde (1984)
  • Aprendiz de Feiticeiro (1985)
  • O Alfaiate e o Rei (2001)

Maria Clara escreveu algumas peças para o público adulto:

  • A Moça da Cidade (1951
  • As Interferências (1966)
  • Miss, Apesar de Tudo, Brasil (1970)
  • Os Embrulhos (1970)
  • Um Tango Argentino (1972).

Sua última peça, escrita em parceria com sua sobrinha, Cacá Mourthé, foi “Jonas e a Baleia”, na qual reconta o episódio bíblico.

Maria Clara Machado faleceu no Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, vitimada por um câncer, no dia 30 de abril de 2001.

Dilva Frazão
Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.
Veja também as biografias de:
  • Carolina Maria de Jesus (1914-1977) foi um a escritora brasileira, considerad...
  • Ruth Rocha (1931) é uma importante escritora brasileira de literatura infanto...
  • Rachel de Queiroz (1910-2003) foi uma escritora brasileira. A primeira mulher...
  • Ana Maria Machado (1941) é escritora e jornalista brasileira. Autora de livro...
  • Lygia Fagundes Telles (1923) é uma escritora brasileira. Romancista e contist...
  • Adélia Prado (1935) é uma escritora e poetisa brasileira. Recebeu da Câmara B...
  • Tatiana Belinky (1919-2013) foi uma escritora de literatura infanto-juvenil,...
  • Lygia Bojunga (1932) é uma escritora brasileira de literatura infanto-juvenil...
  • Eva Furnari (1948) é uma escritora de livros infantis e ilustradora brasileir...
  • Martha Medeiros (1961) é uma escritora, jornalista e cronista brasileira. É c...