Nélida Piñon

Escritora brasileira

Biografia de Nélida Piñon

Nélida Piñon (1937) é uma escritora brasileira. Foi eleita a primeira mulher a presidir a Academia Brasileira de Letras por ocasião do seu primeiro centenário em 1997.

Nélida Cuinãs Piñon (1937) nasceu no bairro de Vila Isabel, Rio de Janeiro no dia 3 de maio de 1937. Filha do comerciante Lino Piñon Muíños e Olívia Carmem Cuíñas Piñon, originários da Galícia, do conselho de Cotobade, na Espanha. Seu nome é um anagrama do nome do avô Daniel. Ainda criança era estimulada para a leitura e já escrevia pequenas histórias. Com 4 anos mudou-se para o bairro de Copacabana. Em seguida morou no Botafogo, quando estudou no Colégio Santo Amaro. Com nove anos já frequentava o Teatro Municipal

 Com 10 anos fez sua primeira viagem à terra de seus pais, onde ficou durante quase dois anos. Na adolescência, morou no Leblon. Com 20 anos perdeu o pai, grande responsável por sua formação como escritora. Estudou Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Em 1961 estreou na literatura com o romance, “Guia-Mapa de Gabriel Arcanjo”, que fala de temas como pecado, perdão e da relação dos mortais com Deus através do diálogo entre o protagonista e seu anjo da guarda.

Em 1965, viajou para os Estados Unidos com a bolsa “Leader Grant”, concedida pelo Governo norte-americano. Ao longo de sua carreira, colaborou com publicações nacionais e estrangeiras.  Entre 1966 e 1967, trabalhou como editora-assistente da revista Cadernos Brasileiros. Em 1970 inaugurou e foi a primeira professora da cadeira de Criação Literária da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Entre 1976 e 1993 foi membro do Conselho Consultivo da revista Tempo Brasileiro.

Entre 1990 e 1996, foi catedrática da Universidade de MIami, onde realizou cursos, debates, encontros e conferência.  Eleita para a cadeira nº 30, ainda em 1990, foi empossada como imortal da Academia Brasileira de Letras, e em 1996 foi eleita a primeira mulher a presidir a ABL por ocasião do seu Primeiro Centenário. Nélida foi escritora-visitante da Universidade de Harvard, da Columbia, de Georgetown, de Johns Hopkins, entre outras.

A obra de Nélida Piñon foi traduzida para diversos países, entre eles, Alemanha, Espanha, Itália, Estados Unidos, Cuba, União Soviética e Nicarágua. Seus contos foram publicados em diversas revistas e fazem parte de antologias brasileiras e estrangeiras. Recebeu inúmeros prêmios literários, entre eles: Prêmio Walmap com o romance “Fundador” (1970), Prêmio Mário de Andrade com o romance “A Casa da Paixão” (1973), Prêmio da Associação Paulista dos Críticos de Arte e Prêmio Ficção Pen Clube com o romance “A República dos Sonhos” (1985), Prêmio Golfinho de Ouro pelo conjunto da Obra (1990), e Prêmio Jabuti – Melhor Romance e Livro de Ficção de 2005 por “Vozes do Dezerto”.

Recebeu prêmios internacionais como: Juan Rulfo, do México, Jorge Isaacs, da Colômbia, Rosalia de Castro, da Espanha, Gabriela Mistral, do Chile, Prêmio Puterbaugh, dos Estados Unidos, eo Prêmio Menéndez Pelayo da Espanha. Em 2005 recebeu o importante Príncipe de Astúrias pelo Conjunto da Obra. Recebeu o título de doutor honoris causa das universidades: Poitiers, Santiago de Compostela, Florida Atlantic, Montreal, entre outros.

Obras de Nélida Piñon

  • Guia-Mapa de Gabriel Arcanjo (1961)
  • Madeira Feita Cruz (1963)
  • Tempos das Frutas: contos (1966)
  • Fundador (1969)
  • A Casa da Paixão (1972)
  • Tebas do Meu Coração (1974)
  • A Força do Destino (1977)
  • O Calor das Coisas (1980)
  • Sala das Armas (1983)
  • A República dos Sonhos (1984)
  • Canção de Caetana (1987)
  • O Pão de Cada Dia (1994)
  • Até Amanhã, Outra Vez (1999)
  • A Roda do Vento (1998)
  • Vozes do Deserto (2004)
  • Aprendiz de Homero; ensaio (2008)
  • Coração andarilho: memória (2009)
  • Livro das Horas: memória (2012)
  • A Camisa do Marido (2014)
  • Filhos da América (2016)
Veja também as biografias de:
  • Ruth Rocha (1931) é escritora brasileira de livros infantis, conhecida pelo l...
  • Ana Maria Machado (1941) é escritora e jornalista brasileira. Autora de livro...
  • Lygia Fagundes Telles (1923) é uma escritora brasileira. Romancista e contist...
  • Rachel de Queiroz (1910-2003) foi uma escritora brasileira. A primeira mulher...
  • Adélia Prado (1935) é uma escritora e poetisa brasileira. Recebeu da Câmara B...
  • Zélia Gattai (1916-2008) foi uma escritora brasileira. Começou a escrever com...
  • Martha Medeiros (1961) é uma escritora, jornalista e cronista brasileira. É c...
  • Lygia Bojunga (1932) é uma escritora brasileira de literatura infanto-juvenil...
  • Tatiana Belinky (1919-2013) foi uma escritora de literatura infanto-juvenil,...
  • Zíbia Gasparetto (1926) é uma escritora espírita que ficou conhecida por escre...

Última atualização: 09/06/2017