Pedro Cardoso

Ator brasileiro
Por Dilva Frazão
Biblioteconomista e professora

Biografia de Pedro Cardoso

Pedro Cardoso (1961) é um ator, redator, roteirista e humorista brasileiro, que se destacou na televisão com o personagem Agostinho na série “A Grande Família”, que foi apresentada entre 2001 e 2014.

Pedro Cardoso Martins Moreira nasceu no Rio de Janeiro, no dia 31 de dezembro de 1962. É primo do cineasta Ivan Cardoso e do ex-presidente do Brasil, Fernando Henrique Cardoso.

Carreira no Teatro

Pedro Cardoso começou no teatro trabalhado como iluminador. Conheceu vários atores e interessou-se pela carreira de ator.

Aos poucos, Pedro Cardoso foi criando espetáculos. O primeiro deles foi "Bar Doce Bar", em 1982. Como ator, atuou em peças infantis em grupos de teatro como “Manhas e Manias” e “Pessoal do Cabaré”. Ganhou o Troféu Mambembe como ator revelação.

Com os atores Mauro Rasi, Vicente Pereira, Felipe Pinheiro e Miguel Falabela, criou o chamado “teatro besteirol”, baseado em situações cotidianas, levadas ao palco, nos anos 80.

Entre as peças que fizeram sucesso o Rio de Janeiro, destacam-se: "A Porta" (1983) "C de Canastra" (1985), "A Besta" (1987), "Nada" (1988) e "A Macaca".

Carreira na televisão

Junto com Felipe Pinheiro foi redator da série “TV Pirata, da Rede Globo. Em 1992, passou a atuar na série “Anos Rebeldes”, da Rede Globo, que fez grande sucesso.

Atuou em outras séries e novelas como, "Pátria Minha", "AEIOUrca" e "Comédia da Vida Privada".

A Grande Família

O maior sucesso de Pedro Cardoso veio com a interpretação do malandro carioca na série “A Grande Família”.

pedro cardoso
Elenco da série A Grande Família

Iniciada em 29 de março de 2001, na TV Globo, exibiu 485 episódios, tornando-se a mais longa série da televisão brasileira. A série foi encerrada em 2014. O papel lhe rendeu o Prêmio Emmy de Melhor Ator Internacional.

Cinema

Pedro Cardoso recebeu elogios da crítica pela sua atuação no cinema. Entre os filmes que atuou destacam-se: “O Que é Isso Companheiro?” (1997), “Por Trás do Pano” (1999), “O Homem Que Copiava” (2003), que lhe rendeu o Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante, e “Redentor” (2004).

Foi roteirista do filme “Lisbela e o Prisioneiro” (2003), sendo indicado ao Prêmio de Melhor Roteiro Adaptado.

Família

Pedro Cardoso é casado com a atriz e escritora Graziella Moretto, desde 20017, com quem tem uma filha, Mabel, nascida em 2009.

O ator tem outras duas filhas, Maria e Luíza, de um casamento anterior, e Graziella é mãe de Nina.

Depois de sair da Rede Globo, Pedro Cardoso foi morar em Portugal com sua mulher e as filhas.

Dilva Frazão
Biblioteconomista e professora
É bacharel em Biblioteconomia pela UFPE e professora do ensino fundamental.
Veja também as biografias de:
  • Paulo Gustavo Amaral Monteiro de Barros (1978-2021) foi um ator, humorista e...
  • Arthur Aguiar (1989) é um ator, cantor e compositor brasileiro. Interpretou D...
  • Grande Otelo (1915-1993) foi um dos mais destacados atores brasileiros do séc...
  • Antônio Fagundes (1949) é um ator brasileiro de televisão, teatro e cinema. É...
  • Matheus Nachtergaele (1969) é um ator brasileiro. Participou de importantes f...
  • Jardel Filho (1927-1983) foi ator brasileiro. Atuou em filmes, minisséries e...
  • Rodrigo Santoro (1975) é ator brasileiro reconhecido internacionalmente e con...
  • Lima Duarte (1930) é um célebre ator brasileiro com passagens importantes pel...
  • Oscarito (1906-1970) foi um ator brasileiro considerado um dos artistas mais...
  • Gabriel Gracindo (1977) é um ator brasileiro. Filho do também ator Gracindo J...