Salvador Correia de Sá

Foi Governador do Rio de Janeiro

Biografia de Salvador Correia de Sá

Salvador Correia de Sá, o Velho (1537-1632) foi um alto funcionário colonial de Portugal no Brasil que ocupou por duas vezes o cargo de governador do Rio de Janeiro. Tornou-se um rico e poderoso proprietário de terras e engenhos.

Salvador Correia de Sá nasceu na Quinta de Penaboa, Barcelos, Portugal, por volta de 1537. Filho de Gonçalo Correia da Costa e de Filipa de Sá da Costa era primo de Estácio de Sá, que ajudou na expulsão dos franceses e lançou as bases da cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro, e sobrinho de Mem de Sá, o terceiro governador-geral do Brasil.

Em 1557, Salvador Correia de Sá veio para o Brasil. Em 1567 sucedeu Estácio de Sá como Governador do Rio de Janeiro.  Nesse período, Salvador Correia de Sá combateu os remanescentes franceses nas cidades de São Sebastião do Rio de Janeiro e em Cabo Frio.

Primeiro Governo

Durante seu primeiro governo, entre 1567 e 1572, Salvador Correia de Sá, desenvolveu a política de povoamento com a distribuição de sesmarias, promoveu a construção das defesas da cidade, estimulou a instalação de engenhos de açúcar e o comércio com a costa africana. Foi também administrador-geral das minas descobertas na capitania do Espírito Santo e em Paranaguá, na capitania de São Vicente.

Segundo Governo

Em seu segundo governo, de setembro de 1578 e fevereiro de 1598, Correia de Sá construiu seu engenho na ilha de Parapuã, que passou a se chamar Ilha do Governador, pois era dono de grande parte da ilha. Em 1602, viajou para Portugal, onde se empenhou na elaboração de um estatuto das minas.

Em 1613, Salvador Correia de Sá voltou ao Brasil, mas sem receber o apoio oficial para a mineração na capitania de São Vicente, retornou definitivamente para Portugal, onde faleceu em 1631.

Descendentes

Com Salvador Correia de Sá, teve início a dinastia da família Correia de Sá: seu filho, Gonçalo Correia de Sá, foi capitão-mor de São Vicente de 1617 a 1618. Seu outro filho, Martins Correia de Sá foi governador do Rio entre 1602 e 1618 e entre 1623 e 1632. Seu neto, Salvador Correia de Sá e Benevides foi governador por três vezes, entre 1637 – 1642, entre 1648 - 1649 e 1659 – 1660.

Veja também as biografias de:

Última atualização: 15/01/2019

Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.