Zeca Pagodinho

Cantor e compositor brasileiro
Por Dilva Frazão
Biblioteconomista e professora

Biografia de Zeca Pagodinho

Zeca Pagodinho (1959) é um cantor e compositor brasileiro, um dos grandes destaques do gênero samba e pagode. Seus maiores sucessos são: Judia de Mim, Vai Vadiar, Deixa a Vida me Levar e Deixa Clarear.

Jessé Gomes da Silva Filho, conhecido como Zeca Pagodinho, nasceu em Irajá, no Rio de Janeiro, no dia 04 de fevereiro de 1959. Foi o quarto filho do casal Jessé e Irineia, que teve cinco filhos.

Foi criado em Del Castilho e estudou até a quarta série primária. Começou a gostar de samba através de contatos com os sambistas dos subúrbios cariocas e trocava a escola por rodas de samba.

Nos anos 70, ganhava um dinheirinho trabalhando como feirante e anotador de jogo do bicho. Estava sempre presente nas rodas de samba dos bairros de Irajá, Del Castilho.

Início da carreira

Junto com o flautista e compositor Cláudio Camunguela, Zeca Pagodinho teve sua primeira canção gravada. A música “Amargura”, que entrou no repertório do grupo Fundo de Quintal.

Em 1981, Beth Carvalho conheceu Zeca, no Cacique de Ramos, e o convidou para participar do seu disco “Suor no Rosto (1983, quando fizeram um dueto no samba “Camarão que Dorme a Onda Leva”, de autoria de Zeca e de Arlindo Cruz e Beto Sem Braço.

zeca pagodinho

Em 1982, A música “Castelo de Areia” de Zeca e Arlindo foi gravada pelo Fundo de Quintal. Em 1985, a RGE convidou Zeca para gravar a coletânea “Raça Brasileira”, junto com Jovelina Pérola Negra, entre outros cantores.

Carreira solo

Em 1986, Zeca Pagodinho gravou seu primeiro disco solo, “Zeca Pagodinho”, que fez sucesso com as músicas: “Judia de Mim” e “Coração em Desalinho” e “Brincadeira Tem Hora”. O LP é considerado uma obra-prima do partido-alto. A música “Judia de Mim” foi trilha sonora da novela “Hipertensão”.

Em 1988, pela RCA, Zeca gravou “Jeito Moleque”, com diversas composições suas. Em seguida lançou: “Boêmio Feliz” (1989), “Mania da Gente” (1990), “Pixote” (1991), “Um dos Poetas do Samba” (1992) e “Alô, Mundo” (1993).

Em 1996 assinou com a Universal e no mesmo ano lançou o LP “Deixa Clarear”, que fez grande sucesso com a música título.

Em 1999 lançou o CD “Zeca Pagodinho ao Vivo”, que vendeu mais de meio milhão de cópias. No ano seguinte, lançou o disco “Água da Minha Sede”.

A música “Alto Lá”, composta em parceria com Sombrinha e Arlindo Cruz, foi tema da novela O Clone, e a música “Jura”, de autoria de Sinhô, foi tema da novela “O Cravo e a Rosa”.

Em 2002, Zeca lançou o CD “Deixa a Vida Me Levar”, que contou com a participação da Velha Guarda da Portela. A faixa título de autoria de Serginho Meriti e Eri do Cais e “Caviar” fizeram grande sucesso. O CD ganhou o Grammy Latino de Melhor Álbum de Samba.

zeca pagodinho

Mas o auge de sua carreira aconteceu em 2003, quando gravou um DVD e CD para um especial para a MTV. Foi um dos primeiros a cantar o samba de forma acústica. O Álbum “Acústico MTV” foi um dos mais vendidos, sendo relançado em 2006.

Em 2007 foi criado o selo ZecaPagodiscos, em parceria com o produtor musical Max Pierre, que produziu o CD e DVD "Cidade do Samba". Este trabalho foi distribuído pela EMI e foi gravado em parceria com famosos como Martinho da Vila, Ivan Lins, Gilberto Gil e Jair Rodrigues.

Em 2008, Zeca lançou seu 19.º disco “Uma Prova de Amor” também produzido por Rildo Hora. Em 2010 lançou “Vida da Minha Vida”, que contou com a participação especial de Nelson Sargento.

Em 2011, a música “Puxa”, de Gilson de Souza, foi incluída na trilha sonora da novela “Insensato Coração.

Ainda em 2011, a Universal Music lançou em CD e DVD a coletânea “Zeca Pagodinho ao Vivo Com Amigos”, reunindo Jorge Aragão, Almir Guineto, Luiz Melodia, Jorge Bem Jor, Martinho da Vila, entre outros.

Em 2014 foi lançado o “Sambabook Zeca Pagodinho”, em formato de CD duplo, DVD e Blu-Ray, pelo selo ZecaPagodiscos, em comemoração aos 30 anos de carreira do cantor.

Em 2016, Zeca participou da Cerimônia de Abertura das Olimpíadas 2016, no Estádio do Maracanã, o Rio de Janeiro, quando cantou “Deixa a Vida Me Levar”, que teve intervenção de rap feitas por Marcelo D2.

zeca pagodinho

Em 2019, Zeca comemorou seus 60 anos de idade com uma festa na Cidade do Samba, no Rio de Janeiro, ao lado de sua família, amigos e artistas que se tornaram seus parceiros ao longo da vida.

Ainda em 2019 lançou o CD “Mais Feliz”, dedicado ao parceiro Arlindo Cruz. O disco teve participação de Teresa Cristina na regravação de “O Sol Nascerá”, de Cartola e Elton Medeiros.

Vida pessoal

Zeca Pagodinho é casado com Mônica Silva e tem quatro filhos.

Dilva Frazão
Biblioteconomista e professora
É bacharel em Biblioteconomia pela UFPE e professora do ensino fundamental.
Veja também as biografias de:
  • Roberto Carlos (1941) é um cantor e compositor brasileiro. O Rei da música ro...
  • Dorival Caymmi (1914-2008) foi um cantor e compositor brasileiro, cantava os...
  • Cazuza (1958-1990) foi um cantor e compositor brasileiro, considerado um dos...
  • Gusttavo Lima (1989) é um cantor, compositor e multi-instrumentista brasileir...
  • Seu Jorge (1970) é um cantor, compositor, instrumentista e ator brasileiro...
  • Adoniran Barbosa (1910-1982) foi cantor e compositor brasileiro. Saudosa Malo...
  • Cartola (1908-1980) foi cantor e compositor brasileiro. "As Rosas Não Falam",...
  • Heitor dos Prazeres (1898-1966) foi um compositor, cantor e artista plástico...
  • Gonzaguinha (1945) foi um cantor e compositor brasileiro. Autor de grandes su...
  • Michel Teló (1981) é um cantor e compositor brasileiro, um dos cantores mais...