Claudio Ptolomeu

Cientista grego

Biografia de Claudio Ptolomeu

Cláudio Ptolomeu (100-168) foi um cientista grego. Suas ideias sobre o universo foram adotadas durante toda a Idade Media. Sua tese de que a terra ocupava o centro do universo foi aceita durante 14 séculos até ser desmentida pelas teorias de Copérnico e Galileu.

Cláudio Ptolomeu nasceu em Ptololemaida, Hérmia, no Egito, por volta do ano 100 da era cristã, na época do domínio romano Com base nas observações astronômicas por ele anotadas, sabe-se que viveu e trabalhou em Alexandria, no Egito, entre os anos 127 e 151.

Personalidade das mais célebres da época do imperador Marco Aurélio, Ptolomeu foi o último dos grandes sábios gregos da Antiguidade. Estudioso e inteligente legou importantes contribuições para o estudo da astronomia, da geografia, física e matemática.

A cartografia de Ptolomeu

O “Guia Geográfico” de Ptolomeu, escrito no século I, representou um marco na história das ciências e ocupou importante lugar na Antiguidade. Numa época em que todos acreditavam que a Terra era plana, ele garantiu que ela era redonda.

Com informações de viajantes e mercadores romanos, Ptolomeu elaborou um mapa, onde figura o mundo conhecido por Roma. Desenvolveu para seus mapas um sistema de meridianos e paralelos.

A região mediterrânea e a maior parte da África setentrional e Europa não apresentam erros. Em outras partes, Ptolomeu se equivocou quando pensava que a Índia era uma ilha e que o oceano Índico era um mar fechado ao sul e oeste por outras terras.

A teoria geocêntrica de Ptolomeu

Ptolomeu se propôs a aperfeiçoar as teorias de Hiparco de Nicéia, matemático e astrônomo grego que viveu durante o século II a. C. Durante anos de observações, cálculos e estudos, escreveu os 13 volumes da obra mestra da astronomia da Antiguidade, “Composição Matemática”.

Ptolomeu definiu a obra como uma tentativa de completa exposição do sistema geocêntrico que situava a Terra no centro do universo e, girando em torno dela estavam a Lua, Mercúrio, Vênus, o Sol, Marte, Júpiter, Saturno e as estrelas.

Todos esses astros descreveriam em suas órbitas, círculos perfeitos, conforme ensinavam Platão e Aristóteles. Essa concepção foi adotada pelos teólogos medievais, que rejeitavam qualquer teoria que não colocasse a Terra em lugar privilegiado.

Hiparco elaborou o primeiro catálogo estelar, com as posições de 850 estrelas. Ptolomeu deu continuidade a esse trabalho registrando em seu catálogo 1.022 estrelas, das quais 172 ele próprio descobriu.

O grande tratado explica também a construção do astrolábio, instrumento inventado por Ptolomeu para calcular a altura de um corpo celeste acima da linha do horizonte.

A imagem do universo apresentada por Ptolomeu foi mantida durante 14 séculos, porém, revelou-se errônea quando ele foi contestado pelo astrônomo Nicolau Copérnico (1473-1543) que foi o primeiro a formular a teoria heliocêntrica, na qual a terra girava em torno do sol.

Ptolomeu escreveu ainda, Hipóteses dos Planetas, Fases das Estrelas Fixas, Tratado de Ótica, composto de cinco livros sobre reflexão, refração, cor e espelhos de diferentes formas, entre outros.

Ptolomeu faleceu em Alexandria no Egito, provavelmente no ano 168.

Veja também as biografias de:
  • Isaac Newton (1643-1727) foi um cientista inglês. Descobriu a Lei da Gravitaç...
  • Marie Curie (1867-1934) foi uma cientista polonesa. Descobriu e isolou os ele...
  • Antoine Lavoisier (1743-1794) foi um cientista francês. Autor da frase "Na na...
  • Louis Pasteur (1822-1895) foi um cientista, químico e bacteriologista francês...
  • John Dalton (1766-1844) foi um químico, meteorologista e físico inglês, um do...
  • Guilherme Marconi (1874-1937) foi cientista italiano. Inventou o telégrafo se...
  • Benjamin Franklin (1706-1790) foi diplomata, escritor, jornalista, filósofo e...
  • Leonhard Euler (1707-1783) foi um importante matemático e cientista suíço, fo...
  • Alexander Graham Bell (1847-1922) foi um cientista escocês, inventor do telef...
  • Carl Sagan (1934-1996) foi um cientista, astrônomo e escritor norte-americano...

Última atualização: 24/07/2019

Dilva Frazão
Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.