Pitágoras

Matemático grego

Biografia de Pitágoras

Pitágoras (582 - 497 a. C.) foi um matemático e filósofo grego. Autor do "Teorema de Pitágoras": "Em um triangulo retângulo, o quadrado da hipotenusa é igual à soma dos quadrados dos catetos". Desenvolveu trabalhos na área da filosofia, música, moral, geografia e medicina.

Vida e estudos

Pitágoras nasceu na ilha de Samos, no mar Egeu, Grécia, por volta de 582 a. C. Filho de um rico comerciante, sua vida e suas ideias é uma mistura de lenda e história real. A lenda começa antes mesmo de Pitágoras nascer: por volta de 580 a. C. a sacerdotisa do Deus Apolo disse a sua mãe: “Tereis um filho de grande beleza e extraordinária inteligência, será um dos homens mais sábios de todos os tempos”. Lenda ou não, a inteligência do jovem Pitágoras impressionava os mestres das melhores escolas de Samos, que não conseguiam responder as perguntas do jovem.

Com 16 anos de idade, Pitágoras foi enviado para Mileto, para estudar com Tales, o maior sábio da época. Logo, Tales reconheceu que nada mais tinha que ensinar ao jovem e passou ele, o mestre, a estudar as descobertas geométricas e matemáticas do aluno.

Adulto, em busca de novos conhecimentos, Pitágoras começou a somar, além dos números, ideias sobre ciência e religião de outros povos. Foi para a Síria, Arábia, Caldeia, Pérsia, Índia e Egito, onde se fixou e passou mais de 20 anos. Para conhecer melhor os Mistérios da religião egípcia, se fez sacerdote. Quando Cambises conquistou o Egito, Pitágoras foi obrigado a seguir para a Babilônia, onde passou a estudar e descobrir como se desenvolviam as ciências naquela região.

Escola Pitagórica

Por volta de 530, Pitágoras volta para Samos com o objetivo de abrir uma escola, mas encontra a ilha governada pelo ditador Polícrates, que não queria saber nem de escolas nem de templos. Pitágoras é expulso da Grécia e parte para Crotona, no sul da Itália, onde se dedica a ensinar aos filhos dos aristocratas.

Finalmente, Pitágoras, funda sua escola, a "Escola Pitagórica", que era mais que uma escola, era uma espécie de irmandade religiosa dedicada à Matemática, Religião, Política e Filosofia. Os membros do grupo pitagórico eram todos aristocratas e obrigados a sigilo, mediante juramento, por isso a irmandade era olhada com suspeição pelo povo comum.

Além de matemáticos e astrônomos, a escola abrigava biologistas e anatomistas. Os alunos formados, defensores da aristocracia, ocupavam altos cargos no governo local, e dominavam as cidades gregas do sul da Itália. Revoltas populares destruíram o prestígio da seita e incendiaram a escola, e Pitágoras foi obrigado a se exilar em Metaponto, ao norte, na Lucânia.

Teorema de Pitágoras

A escola filosófica de Pitágoras dizia que o mundo, os elementos e os seres vivos podiam ser expressos por números. Essa ideia levou seus discípulos a se tornarem pioneiros da ciência matemática. Assim foram os primeiros a estudar a geometria pura, desligando-a de qualquer finalidade prática.

O Teorema de Pitágoras é uma das suas mais conhecidas ideias no campo da geometria. O teorema diz: “Em um triângulo retângulo, o quadrado da hipotenusa é igual à soma dos quadrados dos catetos”, ou seja: a2 = b2 + c2

Filosofia e Religião

Sob o aspecto religioso, Pitágoras e seus adeptos acreditavam na imortalidade da alma, cuja purificação ocorria através de sucessivas reencarnações em corpos vivos, e só pela vida “pura” a alma poderia libertar-se do corpo e viver no céu. Essa tese foi desenvolvida com cautela, para que não provocasse atrito com a religião politeísta, desenvolvida a partir dos mitos e cultos vigentes.

Música

Para Pitágoras a música era o melhor meio de purificar a alma. Os termos criados por ele são usados até hoje, como "média harmônica" e "progressão harmônica". Como astrônomo, seu principal mérito foi conceber o universo em movimento. Aos estudos sobre a rotação da Terra misturava-se noções acerca da melodiosa “música das esferas”, produzida pelos astros em movimento. Como teórico de medicina, achava que o corpo humano era construído basicamente por uma harmonia: "homem doente era sinal de harmonia rompida".

Pitágoras faleceu em Lucânia, Itália, provavelmente em 497 a. C.

Veja também as biografias de:
  • Bhaskara (1114-1185) foi um matemático, astrólogo, astrônomo e professor indi...
  • Alan Turing (1912-1954) foi um matemático britânico, pioneiro da computação,...
  • Leonardo Fibonacci (1170 — 1250) foi um matemático italiano, responsável pela...
  • Gottfried Leibniz (1646-1716) foi um filósofo e matemático alemão, criador da...
  • Daniel Bernoulli (1700-1782) foi um importante matemático, físico e professor...
  • George Boole (1815-1864) foi um matemático inglês, criador da Álgebra Boolean...
  • René Descartes (1596-1650) foi um filósofo, físico e matemático francês. Auto...
  • Euclides foi um matemático de Alexandria, no Egito. É chamado o pai da Geomet...
  • Torricelli (1608-1647) foi um físico e matemático italiano. Descobriu o princ...
  • Johannes Kepler (1571-1630) foi um importante matemático e astrônomo alemão...

Última atualização: 16/08/2018