Cláudio Galeno

Médico romano

Biografia de Cláudio Galeno

Cláudio Galeno (129-199) foi um médico grego. Foi considerado o pai da Anatomia. Um dos médicos mais importantes da Antiguidade. Realizou extensos estudos de Anatomia e Fisiologia. Sua monumental enciclopédia de Medicina "Exercícios Anatômicos" foi durante mais de quinze séculos, considerada infalível.

Cláudio Galeno (129-199) nasceu em Pérgamo, na Mísia, Ásia Menor, península que fica entre o Mar Negro e o Mediterrâneo, separada da Grécia pelo Mar Egeu. Essa península é hoje ocupada pelos turcos. Na época de Galeno, a Ásia Menor era uma das mais prósperas regiões do mundo. Era dominada pelo Império Romano. Filho de um arquiteto e matemático, teve boa instrução. Estudou Aritmética, Astronomia e Geometria. Com a mãe aprendeu as primeiras lições, até quatorze anos, quando passou a frequentar as escolas que lhe ensinaram os preceitos dos filósofos gregos.

Com dezessete anos inicia o curso de Medicina, em Pérgamo e depois em Esmirna, onde foi aluno do famoso Pélops. Visitou também Corinto, a Feníncia, a Cilícia, Creta, Chipre e Alexandria.. Estuda com os mais renomados mestres. Além da Medicina, estudava Geometria, Astronomia, Música e Linguagem. Em 1557 voltou para Mísia, onde começou a exercer a profissão e adquiriu grande experiência como cirurgião de gladiadores. Entre 162 e 164, foi chamado à Roma para ser médico do jovem Cômodo, filho do Imperador Marco Aurélio. Em Roma escreve a maior parte de sua obra, cerca de 400 livros, dos quais 98 são conhecidos. 

Cláudio Galeno realizou vários estudos de Anatomia e Fisiologia. Como as leis não permitiam realizar estudos nos seres humanos, seus experimentos eram realizados nos macacos. Estudou o coração, descrevendo as camadas musculares e as válvulas. Chegou perto do princípio da circulação do sangue, porém erroneamente supôs que o sangue minasse da câmara direita do coração através da parte divisória.

Cláudio Galeno percebeu que todos os nervos vão ter ao cérebro, seja diretamente, ou pela medula espinhal. Realizou experiências em animais cortando a medula em várias alturas e observou a perda de controle de várias funções do animal. Previu corretamente o efeito de cortar o nervo frênico, que controla o diafragma, na respiração.

Galeno reconheceu o valor do compasso das pulsações, para determinar as condições do paciente. E ao mesmo tempo percebeu que o pulso também responde às tensões emocionais. Ela identificou no sistema nervoso cerebral, os nervos sensoriais dos nervos motores. Demonstrou que os rins processam a urina e mostrou que as artérias contêm sangue e não água como acreditavam até então os pesquisadores. A obra de Galeno foi considerada infalível durante mais de quinze séculos.

Cláudio Galeno morreu provavelmente em Roma, Itália, no ano 199 da era cristã.

Veja também as biografias de:
  • Nero (37 - 68) foi imperador romano entre os anos de 54 a 68 da era cristã. F...
  • Adriano (Imperador romano) (76-138) foi o terceiro imperador romano, da Dinas...
  • Marco Túlio Cícero (107 a.C. - 43 a.C.) foi um importante filósofo, escritor...
  • Calígula (12-14) foi um imperador romano que governou entre os anos 37 e 41 d...
  • Constantino (272-337) foi imperador romano de 306 a 337. Com o Édito de Milão...
  • Plínio, o Velho (23-79) foi um historiador, naturalista e oficial romano. Foi...
  • Pôncio Pilatos foi um governador romano, da província da Judeia, que condenou...
  • Santo Agostinho (354-430) foi um filósofo, escritor, bispo e teólogo cristão...
  • Júlio César (100-44 a.C.) foi um político e militar romano. Apoiado pelo Sena...
  • Sêneca (4 a.C. - 65) foi um filósofo, escritor, mestre da retórica e estadist...

Última atualização: 23/04/2018