Cláudio Galeno

Médico romano

Biografia de Cláudio Galeno

Cláudio Galeno (129-199) foi um médico grego, considerado o pai da Anatomia. Realizou extensos estudos de Anatomia e Fisiologia. Sua monumental enciclopédia de Medicina "Exercícios Anatômicos" foi durante mais de quinze séculos, considerada infalível.

Cláudio Galeno nasceu em Pérgamo, na Mísia, Ásia Menor, península que fica entre o Mar Negro e o Mediterrâneo, separada da Grécia pelo Mar Egeu, no ano 129 da Era Cristã. Essa península é hoje ocupada pelos turcos.

A Ásia Menor era uma das mais prósperas regiões do mundo civilizado ao tempo de Galeno. O Império Romano dominava a região.

Formação

Filho de um arquiteto e matemático teve boa instrução. Com a mãe aprendeu as primeiras lições e aos 14 anos passou a frequentar a escola onde estudou os preceitos dos famosos filósofos gregos. 

Com dezessete anos, Galeno iniciou os estudos de filosofia e medicina na sua cidade natal e depois foi mandado para estudar nos principais centros de estudos da época.

Galeno estudou em Esmirna, onde foi aluno do famoso Pélops. Visitou também Corinto, Fenícia, Sicília, Creta, Chipre e Alexandria, onde estudou com os mais renomados mestres e realizou as primeiras dissecações em animais.

Em 157, com 29 anos, voltou para Pérgamo, onde começou a exercer a profissão e adquiriu grande experiência como cirurgião de gladiadores. Quatro anos depois, foi levado para Roma onde integrou a corte do Imperador Marco Aurélio.

A Anatomia de Galeno

Galeno realizou extensos estudos de Anatomia e Fisiologia, conservados em seus escritos, baseados na dissecação de macacos e outros animais inferiores, que aplicava ao homem, por analogia, todas as observações feitas.

Sua dissecação de músculos e ossos são bastante completas, porém, ainda mais minuciosas são as observações sobre nervos, artérias e veias, que estabeleceram um marco da história da Anatomia.

Galeno estudou o coração, descrevendo as camadas musculares e as válvulas. Chegou perto do princípio da circulação do sangue, porém erroneamente supôs que o sangue minasse da câmara direita do coração através da parte divisória.

Cláudio Galeno percebeu que todos os nervos vão ter ao cérebro, seja diretamente, ou pela medula espinhal. Realizou experiências em animais cortando a medula em várias alturas e observou a perda de controle de várias funções do animal.

Galeno reconheceu o valor do compasso das pulsações, para determinar as condições do paciente. E ao mesmo tempo percebeu que o pulso também responde às tensões emocionais.

Ela identificou no sistema nervoso cerebral, os nervos sensoriais dos nervos motores. Demonstrou que os rins processam a urina e mostrou que as artérias contêm sangue e não água como acreditavam até então os pesquisadores.

Doutrina de Galeno

Para Galeno, a vida psíquica, a animal e a vegetativa têm funções diversas e operam em níveis diversos. Mas todo corpo é apenas um instrumento da alma. E cada organismo se constitui segundo um plano lógico estabelecido por um ser supremo do universo.

Sua doutrina teve o apoio dos padres e da Igreja e foi considerada infalível até o século XVI quando começou a ser contestada.

No consenso geral, Galeno foi um dos mais famosos médicos da Antiguidade, era apenas inferior a Hipócrates.

Cláudio Galeno morreu provavelmente em Roma, Itália, no ano 199 da Era Cristã.

Obras de Cláudio Galeno

  • Método de Medicina
  • Pequena Arte ou Microtécnica
  • Do Corpo Humano
  • Da Razão de Curar pela Sangria
  • Sobre a Medicina Empírica
  • Instituição Lógica
  • História da Filosofia
Veja também as biografias de:
  • Nero (37 – 68) foi imperador romano entre os anos de 54 e 68 da era cristã. F...
  • Adriano (Imperador romano) (76-138) foi o terceiro imperador romano, da Dinas...
  • Pôncio Pilatos foi um governador romano, da província da Judeia, que condenou...
  • Marco Túlio Cícero (107 a.C. - 43 a.C.) foi um importante filósofo, escritor...
  • Constantino (272-337) foi o primeiro imperador cristão de Roma. Iniciou a con...
  • Calígula (12-41) foi um imperador romano que governou entre os anos 37 e 41 d...
  • Tibério (42 a. C. – 37) foi o segundo imperador romano, governou entre 14 e 3...
  • Plínio, o Velho (23-79) foi um historiador, naturalista e oficial romano. Foi...
  • Diocleciano (244-311) foi um imperador romano, governou entre 284 e 305. Real...
  • Augusto (Otávio ) (63 a. C-14) foi o primeiro imperador romano. Govern...

Última atualização: 19/07/2019

Dilva Frazão
Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.