Calígula

Imperador romano

Biografia de Calígula

Calígula (12-14) foi um imperador romano que governou entre os anos 37 e 41 da Era Cristã. Foi o terceiro imperador romano e integrante da dinastia Júlio-Claudiana. Teve uma atuação política caracterizada principalmente pelo despotismo.

Calígula, alcunha do imperador Caio Júlio César Augusto Germânico, nasceu no alto Império Romano, na cidade de Anzio, na região do Lácio, centro-oeste da Itália, no dia 31 de agosto do ano 12. Filho de Agripina e do general Germanicus, considerado um dos melhores generais da história de Roma, cresceu nos acampamentos militares da Germânia Inferior, onde seu pai era o comandante do Exército Imperial.

Contexto histórico

Após conquistar o Egito e apoderar-se do tesouro dos faraós, Otávio voltou para Roma e a República estava a um passo de se transformar em Império. O prestígio político de Otávio foi legitimado pelo Senado, que lhe concedeu diversos títulos. Em 27 a.C., por fim, incorporou o título de Augusto (escolhido dos deuses). As numerosas reformas administrativas, sociais e culturais realizadas por Augusto alteraram completamente a antiga organização republicana. Dando início ao Império.  

No momento de indicar seu sucessor, Otávio Augusto escolheu o critério da adoção, já que não tinha filho. O escolhido foi o general Tibério (14-37), um dos seus principais colaboradores, que deu início à dinastia Júlio-Claudiana. Tiago executou os planos deixados por seu antecessor. No entanto, no ano 19, Calígula acompanhava seu pai em uma expedição à Síria quando este foi envenenado, vindo a falecer. O povo e o Senado se voltaram contra Tibério, que foi acusado da morte, pois via no general um perigoso rival político.

Imperador

No ano 37, Calígula foi escolhido o sucessor de Tibério. Ao assumir o poder, foi recebido com entusiasmo pelo exército, que se mantinha fiel a seu pai. Os primeiros meses de seu governo foram prósperos, segundo alguns historiadores: respeitou o Senado, devolveu à Assembleia popular o direito de eleger os magistrados, decretou amplas anistias para aqueles que haviam sido condenados durante o mandato de Tibério e organizou grandes espetáculos circenses.

Logo depois, começou a dar sinais de desequilíbrio mental quando começou a dar mostras de um caráter autoritário. Condenou sem processo o seu primo Tibério Gemelo e o chefe dos pretorianos Macrón. Procurou governar com o apoio do povo em direta oposição os senadores ricos. Os cofres do Império Romano se esvaziaram rapidamente e para pagar as tropas e custear as festas da corte e viu obrigado a aumentar demasiadamente os impostos.

Calígula foi um dos mais cruéis, polêmicos e extravagantes imperadores romanos. Mandou matar alguns senadores para se apropriar de seus bens.  Ordenou assassinar várias pessoas que prometeram as suas vidas aos deuses se o Imperador se recuperasse. Além das orgias que promovia, chegou a nomear seu cavalo, Incitatus, cônsul romano.

Em sua política exterior, aumentou o número de reinos vassalos no Oriente e reduziu a autonomia dos territórios ocidentais. No ano de 39, realizou uma expedição a Germânia e a Gália Setentrional. Organizou uma conspiração, falida, encabeçada por Cornelio Léntalo e Marco Lépido, este último casado com sua irmã Drusila.

Calígula foi assassinado por oficiais da guarda pretoriana, em Roma, no dia 24 de janeiro de 41. No mesmo dia de sua morte, seu tio Cláudio foi declarado imperador pelos próprios pretorianos.

Veja também as biografias de:
  • Pedro I da Rússia (1672-1725) foi czar russo. O reinado de Pedro, o Grande, m...
  • Nero (37 - 68) foi imperador romano entre os anos de 54 a 68 da era cristã. F...
  • Adriano (Imperador romano) (76-138) foi o terceiro imperador romano, da Dinas...
  • Constantino (272-337) foi imperador romano de 306 a 337. Com o Édito de Milão...
  • Carlos V (1500-1558) foi Imperador do Sacro Império Romano Germânico...
  • Cláudio Galeno (129-199) foi médico romano. Foi considerado o pai da Anatomia...
  • Marco Túlio Cícero (107 a.C. - 43 a.C.) foi um importante filósofo, escritor...
  • Plínio, o Velho (23-79) foi um historiador, naturalista e oficial romano. Foi...
  • Santo Agostinho (354-430) foi um filósofo, escritor, bispo e teólogo cristão...
  • Júlio César (100-44 a.C.) foi político e militar romano. Apoiado pelo Senado...

Última atualização: 07/07/2017