Cláudio

Imperador romano

Biografia de Cláudio

Cláudio (10 a. C.-54) foi imperador romano entre os anos de 41 a 54 da era cristã. Foi o quarto representante da dinastia Júlio-Claudiana. Era sobrinho dos imperadores Otávio Augusto e Tibério, e tio de Calígula.

Tibério Cláudio Druso Nero Germânico, chamado Tibério Cláudio César Augusto Germânico, depois da coroação, nasceu em Lugdunum (Lyon), Gália, no dia 1 de agosto do ano 10 a. C. Filho de Nero Cláudio Druso, questor e pretor, irmão do imperador Tibério e de Antônia, filha de Marco Antônio.

Cláudio teve uma infância marcada por vários problemas – era manco, epilético e gago. Com um temperamento retraído, manteve-se afastado dos assuntos públicos, se dedicando a escrever a história de Roma, 28 livros sobre a história dos etruscos e dos cartaginenses, uma autobiografia e um projeto de reforma ortográfica.

Imperador Romano

Quando a guarda pretoriana destronou e assassinou o imperador Calígula, pondo fim ao seu reinado despótico, Cláudio foi aclamado imperador pela guarda pretoriana, que estando com mais de cinquenta anos era o último sobrevivente da dinastia.

O Imperador Cláudio se revelou um homem inteligente e um hábil governante. Foi obrigado a reduzir o poder do Senado, para governar com mais eficiência, entregando os cargos políticos decisivos nas mãos de escravos libertos de sua confiança, como Polibio e Narciso, estabelecendo as bases da burocracia imperial.

Obras Públicas

O imperador romano Cláudio ordenou a execução de importantes obras públicas: construiu novos aquedutos para solucionar os problemas de abastecimento de água de Roma, construiu um porto em Ostia, aterrou o lago Fucino e fez melhoramentos nas estradas.

Religião

O imperador Cláudio restabeleceu os cultos que haviam sido abandonados em Roma e combateu aqueles que eram considerados supersticiosos, para isso, expulsou os astrólogos e os judeus.

Expansão do Império

Com relação à expansão do Império Romano, Cláudio anexou definitivamente a Mauritânia (Marrocos e Argélia), no Norte da África, dirigiu pessoalmente a conquista da Britânia (atual Inglaterra e Gália), que se converteu em província imperial, anexou também os territórios orientais da Lícia, Panfília, Judéia e Trácia.

Casamentos

Uma das características do reinado de Cláudio foi a grande influência que suas mulheres exerceram sobre os assuntos do governo. Sua terceira mulher, Messalina, poderosa e influente, além de ter fama de promíscua, conspirou contra o marido e foi executada quando o plano foi descoberto.

Em seguida, Cláudio casou com sua sobrinha Agripina (bisneta de Augusto), que o convenceu a adotar como seu sucessor, Nero, filho do casamento anterior de Agripina, em vez de Britânico filho de Cláudio e Messalina. Para conseguir seu objetivo, Agripina envenenou o marido e, seu filho Nero foi aclamado imperador romano.

Cláudio morreu em Roma, Itália, no dia 13 de outubro de 54.

Veja também as biografias de:
  • Nero (37 – 68) foi imperador romano entre os anos de 54 a 68 da era cristã. F...
  • Adriano (Imperador romano) (76-138) foi o terceiro imperador romano, da Dinas...
  • Constantino (272-337) foi o primeiro imperador cristão de Roma. Iniciou a con...
  • Calígula (12-41) foi um imperador romano que governou entre os anos 37 e 41 d...
  • Diocleciano (244-311) foi um imperador romano, governou entre 284 e 305. Real...
  • Augusto (63 a. C-14) foi o primeiro imperador romano, governou entre 27 a. C...
  • Tibério (42 a. C. – 37) foi o segundo imperador romano, governou entre 14 e 3...
  • Carlos V (1500-1558) foi Imperador do Sacro Império Romano Germânico...
  • Cláudio Galeno (129-199) foi um médico grego. Foi considerado o pai da Anatom...
  • Marco Túlio Cícero (107 a.C. - 43 a.C.) foi um importante filósofo, escritor...

Última atualização: 11/02/2019

Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.