Fra Angelico

Pintor religioso italiano

Biografia de Fra Angelico

Fra Angelico (1395-1455) foi um pintor religioso italiano do fim do período Gótico e início das concepções renascentistas. Foi beatificado pelo Papa João Paulo II em 1982 e declarado o “Padroeiro Universal dos Artistas”.

Fra Angelico (1395-1455), também conhecido como Fra Giovanni da Fiesole, ou Beato Angelico, nasceu em Vicchio, na província de Florença, Itália, no dia 24 de junho de 1395. Nascido Guido de Pietro Trosini, em 1418, ingressou na Congregação de São Nicolau e três anos depois se transferiu para o convento dominicano de Fiesoli. Por volta de 1425 se tornou frade da ordem com o nome de “Fra Giovanni da Fiesole”.

Fra Angelico combinou sua vida de religioso no convento dominicano com sua vida de pintor dedicado. Foi chamado “Angélico” por sua temática religiosa e pela serenidade de suas obras. Acredita-se que ele tenha estudado a arte da iluminura com Lourenzo Monaco, representante do Estilo Gótico. Começou sua carreira como ilustrador de missais e outros livros religiosos. Depois iniciou a pintura de afrescos e painéis.

Em 1436, os dominicanos de Fiesole se transferiram para o Convento Dominicano de São Marcos, em Florença, cedido pelos Medici, onde Fra Angelico realizou diversas obras durante a restauração do prédio, sob a chefia de Michelozzo, arquiteto e escultor italiano de Florença. Pintou números afrescos no claustro, na sala capitular, na entrada das vinte celas dos frades e nos corredores superiores, representando cenas do Evangelho. Entre as obras destacam-se: “A Crucificação” (1437/1446), “O Batismo de Cristo” (1437/1446) e “A Transfiguração de Cristo” (1440-1442).

Em 1445, Fra Angélico foi chamado em Roma pelo Papa Eugenio V para pintar os afrescos da abóbada da Catedral de Orvieto, junto com seu discípulo Benozzo Gozzoli. Em 1452 retornou à Roma levado pelo Papa Nicolau V, quando realizou pinturas na Capela Nicolina, no Vaticano, representando episódios da vida de São Lourenço e de São Estevão. A obra de Fra Angelico superou o estilo gótico pelas preocupações com a composição e o espaço. Seus trabalhos reproduzem a delicadeza e a suavidade das técnicas de perspectivas e iluminação típicas de um pintor religioso.

Entre outras obras de Fra Angélico destacam-se: “São Jerônimo Penitente”, “Adoração dos Magos”, “A Virgem de Granada” (1426) (Museu do Prado, em Madri), “A Madonna da Estrela” (1428/1433) (Museu São Marco, em Florença), “Cristo Cercado de Anjos e Santos” (Nacional Galeria de Londres), “A Anunciação”, pintada para o Convento Dominicano de Fiesole, (1430/1432) (Museu do Prado, em Madri), “A Virgem da Humildade” (1433/1435) (Museu Thyssen – Bornemisza, em Madri), “O Coração da Virgem” (1435) (Louvre de Paris) e “O Juízo Final” (Galeria Nacional de Roma).

Fra Angelico faleceu em um convento dominicano em Roma, Itália, no dia 18 de fevereiro de 1455.

Veja também as biografias de:
  • São Francisco de Assis (1182-1226) foi um religioso italiano. Fundou a Ordem...
  • São Camilo de Lellis (1550-1614) foi um religioso italiano. Criou a Ordem São...
  • Frei Damião (1898-1997) foi um religioso católico italiano. Durante 66 anos p...
  • Leonardo da Vinci (1452-1519) foi um pintor italiano. "Mona Lisa" foi uma das...
  • Rafael Sanzio (1483-1520) foi um pintor italiano, uma das grandes expressões...
  • Caravaggio (1571-1610) foi um pintor italiano, o mais revolucionário artista...
  • Sandro Botticelli (1445-1510) foi um pintor italiano, considerado um dos maio...
  • Ticiano (1489-1576) foi um pintor italiano, considerado um dos principais rep...
  • Giorgio Morandi (1890-1964) foi um dos maiores pintores italianos do século X...
  • Amedeo Modigliani (1884-1920) foi um pintor e escultor italiano, conhecido co...

Última atualização: 12/04/2018