Francisco Barreto de Menezes

Militar português

Biografia de Francisco Barreto de Menezes

Francisco Barreto de Menezes (1616-1688) foi militar português. O primeiro governador e capitão-general de Pernambuco. Na Bahia assumiu o Governo Geral do Brasil.

Francisco Barreto de Menezes (1616-1688) nasceu no Peru, onde seus pais viviam. Seu pai era comandante da Praça de Callao, no período de união dos dois países ibéricos. Veio para Pernambuco designado pelo governo português, para comandar as tropas que se opunham ao domínio holandês.

Chegou a Pernambuco em 1647, foi nomeado mestre de campo. Assumiu o comando das tropas em abril de 1648, no período em que os holandeses já haviam sido derrotados na batalha do Monte da Tabocas, na invasão de Casa Forte e na primeira batalha dos Guararapes.

Os holandeses estavam cercados no Recife, sem esperanças de ajudas vindas do interior, dependendo somente de reforços vindos do mar. A cidade já sofria com a falta de abastecimento de produtos essenciais. Parte da "Cidade Maurícia", construída por Maurício de Nassau, já havia sido destruída. A concentração da defesa se dava em volta do porto, para que garantisse o abastecimento e uma possível fuga.

Muito católico, ao subir na colina, para travar a segunda Batalha dos Guararapes, fez uma prece e prometeu a nossa senhora que, se vitoriosos, construiria uma capela no local. Após a rendição dos holandeses, em 1654, Barreto de Menezes manda construir a capela para Nossa Senhora dos Prazeres, no alto do Monte dos Guararapes. A Igreja foi depois reformada e ampliada.

Francisco Barreto de Menezes, era um diplomata, evitou criar ciume entre os seus liderados, que haviam perdido o poder com a sua chegada. Por ocasião da capitulação do Recife, ao se encontrar com o comandante holandês von Sckroppe, na porta de Santo Antônio, desceu do cavalo e o acompanhou até o local da solenidade de rendição.

Depois da reconquista do Recife, o rei D. João IV, considerando que não teria havido colaboração dos herdeiros na proteção das terras, não mais convinha a continuidade de um feudo privado na vasta região. Barreto de Menezes é nomeado o primeiro governador e capitão-general de Pernambuco, por um período de três anos, de 1654 a 1657. A antiga capitania Duartina entrava no mesmo regime político administrativo, das demais capitanias, a administração militar dos capitães-gerais. Em seguida, foi para a Bahia, assumir o Governo Geral do Brasil. Permaneceu no cargo de 20 de junho de 1657 a 21 de julho de 1663.

Francisco Barreto de Menezes morreu no dia 21 de janeiro de 1688.

Veja também as biografias de:

Última atualização: 12/10/2012

Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.