Francisco de Goya

Pintor espanhol
Por Dilva Frazão
Biblioteconomista e professora

Biografia de Francisco de Goya

Francisco de Goya (1746-1828) foi um dos maiores mestres da pintura espanhola. Foi o pintor da corte e também o pintor dos horrores da guerra, das assombrações do mundo e da vida interior dos homens.

Francisco José de Goya y Lucientes nasceu em Fuendetodos, Saragoça, Espanha, no dia 30 de março de 1746. Filho de um modesto dourador de estátuas e livros, e de Gracia Lucientes, filha de decadente família de nobres de Saragoça. Com 13 anos, Goya foi entregue aos cuidados do pintor José Luzán y Martínez, mas o jovem preferia as ruas e as touradas ao atelier do pintor.

Em 1762, foi para Madri e tentou, sem sucesso, obter uma bolsa na Real Academia de Belas Artes.  Em 1766, faz nova tentativa, mas só recebeu um voto de Francisco Bayeu. Frustrado, tentou ganhar a vida lutando com os touros na arena de Madri.

Carreira artística

Em 1770, Francisco de Goya viajou para a Itália em busca de trabalho. No ano seguinte inscreveu-se na Academia de Belas Artes de Parma, recebendo uma menção honrosa dos examinadores. Voltou para Saragoça e recebeu sua primeira encomenda para pintar os afrescos nas paredes da Igreja de Nossa Senhora do Pilar.

Em 1772 foi contratado para decorar as paredes do Convento Aula Dei. Em 1773 viajou para Madri. Casou-se com a irmã do pintor Francisco Bayeu. Em 1774, através de Bayeu, conseguiu se aproximar do pintor do rei, Antonio Raffaello Mengs.

Em 1776 recebeu a encomenda para realizar uma série de cartões de tapeçaria para a manufatura Real. Entre eles: O Guarda-sol, A Feira de Madri e Inverno. (Os cartões estão no Museu do Prado e as tapeçarias no Palácio Escorial).

o guarda sol
O Guarda Sol (1778)

Em 1780, Francisco de Goya foi eleito, por unanimidade, membro da Academia de Belas Artes de Madri, com o quadro "Cristo na Cruz". Foi nomeado pintor da corte e em 1785 executou o retrato da "Duquesa d’Osuña". Retrata o próprio rei Carlos III, em trajes de caça.

Em 1789, Carlos IV assumiu o trono. Goya foi nomeado “Pintor da Câmara do Rei”. Trabalhou como retratista não só da família real, mas também da aristocracia madrilena. É dessa época, A Família Real (acervo do Museu do Prado, Madri).

a família real
A Família Real 

Em 1792, Francisco de Goya contraiu uma doença infecciosa, recuperou-se, mas perdeu a audição. Em 1794 pintou seu autorretrato, nesse período está triste e envelhecido. Em 1793 iniciou uma série de obras, entre elas: Touradas, Procissão dos Flagelados, Tribunal da Inquisição e O Manicômio.

Em 1796 foi a Sanlúcar, terra da viúva do Duque d’Alba e retratou a tela Maja Desnuda (1800). Diante da pressão da sociedade ofendida, Goya refez o quadro com o mesmo modelo, vestindo-a. Criando a Maja Vestida (1805).

Goya
Maja Vestida (1805)

Em 1798, Goya decorou a cúpula da Igreja de San Antonio de la Florida, retratando a vida de Santo Antônio de Pádua. Em 1808, a Espanha foi invadida pelas tropas de Napoleão. Goya continuou no cargo, mas frequentava pouco a corte. Inconformado com a ocupação da Espanha retratou o horror da guerra em "O Colosso" (1809).

Em 1812 sua mulher faleceu. Em 1814 deu-se a restauração do trono por Fernando VII, que reinstala o Tribunal da Inquisição e submete Goya a um interrogatório sobre a tela Maja Desnuda. Nessa época, pintou quadros históricos Dois de Maio e Três de Maio, restaurando episódios da Guerra.

goya
Três de Maio (1814)

Em 1820, aos 74 anos, Goya começa a pintar, no muro de sua quinta, imagens sombrias e demoníacas chamadas Pinturas Negras, entre elas, Sábado de Bruxas (1820) e Saturno Devorando Seu Filho (1823) que prenunciava seu estado de espírito.

Goya
Saturno (1823)

Acusado de liberalismo e ameaçado de ser preso, Goya fugiu para a França, em 1824. Foi para Bordéus e depois para Paris. Nessa época redescobre a beleza do ser humano e pinta A Leiteira de Bordéus (1827), Os Touros de Bordéus, entre outras.

Francisco de Goya faleceu em Bordéus, França, no dia 16 de abril de 1828. Só em 1899 a Espanha consentiu receber seus restos mortais. Está sepultado na capela de San Antônio Del La Florida, em Madri.

Obras de Francisco de Goya

  • O Guarda Chuva (1778) (Museu do Prado, Madri)
  • Cristo Crucificado (1780)
  • O Cardeal D. Luís de Borbon (1783) (Museu de Arte, São Paulo)
  • A Marquesa de Pontejos (1786) (Galeria Nacional de Arte, EUA)
  • Autorretrato (1794) (Museu de Goya, Espanha)
  • A Condessa de Casa-Flores (1795) (Museu de Arte, São Paulo)
  • Os Caprichos (1797-1798) (série de 80 gravuras)
  • Milagre do Santo (1798) Igreja de Stº Antonio de la Florida, Madri)
  • A Maldição (1798)
  • Maja Desnuda (1800) (Museu do Prado, Madri)
  • A Família Real (1800) (Museu do Prado, Madri)
  • Maja Vestida (1805) (Museu do Prado, Madri)
  • Fernando VII (1808) (Museu de Arte, São Paulo)
  • O Colosso (1809) (Museu do Prado, Madri)
  • As Majas no Balcão (1810) (Museu Metropolitano, Nova Iorque)
  • Fuzilamento num Acampamento Militar (1810)
  • D. Juan Antonio Llorente (1813) (Museu de Arte, São Paulo)
  • Três de Maio de 1808 (1814) (Museu do Prado, Madri)
  • A Junta das Filipinas (1817) (Museu de Goya, Espanha)
  • O Balão Aerostático (1819) (Museu de Agen, França)
  • O Sábado das Bruxas (1820) (Museu do Prado, Madri)
  • Saturno Devorando Seu Filho (1823) (Museu do Prado, Madri)
  • A Leiteira de Bordeaux (1827) (Museu do Prado, Madri)
Dilva Frazão
É bacharel em Biblioteconomia pela UFPE e professora do ensino fundamental.
Veja também as biografias de:
  • Pablo Picasso (1801-1973) foi um pintor espanhol. A Pomba da Paz, Guernica, L...
  • Salvador Dalí (1904-1989) foi um pintor espanhol que se destacou por suas com...
  • Joan Miró (1893-1983) foi um importante pintor, gravador, escultor e ceramist...
  • Diego Velázquez Diego Velásquez (1599-1660) foi um pintor espanhol, um dos maiores nomes do B...
  • El Greco (1541-1614) foi um pintor espanhol de origem grega, um expoente máxi...
  • Juan Gris (1887-1927) foi um pintor e escultor espanhol, contemporâneo de Pic...
  • Federico García Lorca (1898-1936) foi um poeta e dramaturgo espanhol. É consi...
  • Antonio Machado (1875- 1939) foi um poeta espanhol, vinculado à “Geração de 9...
  • Vicente Yáñez Pinzón (1462-1514) foi um navegador e explorador espanhol. Coma...
  • El Cid (1043-1099) foi um cavaleiro espanhol do Reino de Castela, um dos maio...