Vicente Yáñez Pinzón

Navegador espanhol

Biografia de Vicente Yáñez Pinzón

Vicente Yáñez Pinzón (1462-1514) foi um navegador e explorador espanhol. Comandou a caravela Nina, que acompanhou Cristóvão Colombo na viagem que chegou ao novo mundo.

Vicente Yáñez Pinzón (1462-1514) nasceu em Palo de la Frontera, na costa da Andaluzia, Espanha, no ano de 1462. Integrante de uma família de navegadores, acompanhou o genovez Cristóvão Colombo na viagem que partiu do porto de Palo, no dia 3 de agosto de 1492 e chegou ao novo mundo.

Vicente Yáñez Pinzón comandou a caravela Nina e seu irmão Martim Afonso Pinzón comandou a caravela Pinta, que acompanhando Colombo, partiram a procura de um novo caminho para às Índias, no sentido Oeste, uma vez que o caminho no sentido Leste, contornando a África, estava sob o controle português. Após longa viagem de mais de dois meses, chegaram às Antilhas, no dia 12 de outubro de 1492.

A ambição e o espírito de aventura tomava conta dos navegadores. Em 1500, os irmãos Pinzón organizaram uma frota, com quatro caravelas, comandadas por Vicente Pinzón e partiram no sentido Oeste. No dia 20 de janeiro chegam ao cabo de Santo Agostinho, na costa de Pernambuco, por ele denominado cabo de "Santa Maria de la Consolacion". Sabendo que estavam em terras portuguesas, o navegador rumou para o Norte.

Chegando ao rio Amazonas, as embarcações foram agitadas por correntes fortíssimas, estava no encontro do rio Amazonas com as águas do oceano Atlântico. Impressionado com sua extensão, o denominou "Mar Dulce" ou mar de água doce.

Continuou rumando mais para o Norte chegou a foz do rio Oiapoque, chamado durante muito tempo de rio Vicente Pinzón. A frota seguiu o percurso, margeando a costa, chegando a Ilha Trindad, em seguida a Porto Rico, até chegar às Bahamas. Nessa região, duas caravelas ficaram presas em um banco de areia. Pinzón retornou à Espanha, chegando em setembro do mesmo ano.

Em 1951, Vicente Pinzón faz sua segunda viagem ao Brasil. Foi nomeado capitão geral pelo rei da Espanha, e governador das terras que havia descoberto, desde a ponta de Mucuripe até o Rio Amazonas. Depois de um ano, sem condições de colonizar a região, perde o direito às terras.

Vicente Yáñez Pinzón realiza em 1508, sua terceira viagem à América, com a missão de encontrar um caminho para as ilhas Molucas, centro do comércio de especiarias. Parte com duas caravelas, do porto de Sanlúcar, Espanha. Percorrem a costa da Venezuela, Colômbia, Panamá, Costa Rica, Nicarágua, Honduras e Guatemala. Sem encontrar a passagem, seguem para a península de Yucatán, explorando o golfo do México. Em seguida retorna para a Espanha.

Vicente Yanez Pinzón morreu em Sevilha, Espanha, no ano de 1514.

Veja também as biografias de:

Última atualização: 26/10/2017

Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.