Gerald Thomas

Dramaturgo e diretor teatral

Biografia de Gerald Thomas

Gerald Thomas (1954) é um dramaturgo e diretor teatral brasileiro. Ficou conhecido por sua ousadia e irreverência que revolucionou o teatro brasileiro nas décadas de 80 e 90.

Gerald Thomas Sievers (1954) nasceu no Rio de Janeiro, no dia 1 de julho de 1954. Estudou pintura no Rio de Janeiro com Ivan Serpa e Hélio Oiticica. Orientado pelo ator Sérgio Mamberth foi para São Paulo e instalado na casa de Ruth Escobar iniciou seus primeiros ensaios no teatro. Com 16 anos foi para Londres onde participou do “Exploding Galaxy”, um grupo experimental de arte e dança.

Em seguida, Gerald Thomas foi para Nova Iorque onde iniciou sua carreira de diretor, produzindo e dirigindo peças dramáticas com textos baseados nos escritos do irlandês Samuel Beckett, no espaço experimental do café La MaMa. Em 1885, já no Rio de Janeiro, dirige a peça “Quatro Vezes Beckett”, uma coprodução do Teatro dos 4 e o La MaMa de Nova Iorque. A peça excursionou na Bienal de Viena com Sérgio Brito, Rubens Corrêa, Ítalo Rossi e Richard Riguetti no elenco. Por seu trabalho, Thomas recebeu o Prêmio Molière Especial.

Em 1986, Gerald Thomas dirige “Quartetti”, uma remontagem do texto do alemão Heiner Müller, com Tônia Carreiro e Sérgio Brito no elenco. Nesse mesmo ano, funda a “Companhia Ópera Seca”, em São Paulo, quando escreveu, dirigiu e apresentou grandes sucessos, entre eles, “Eletra Com Creta” (1986), “A Trilogia Kafka” (1988), que lhe concedeu o Prêmio Molière, “Carmem Com Filtro” (1989), “Mattogrosso” (1989), “Fim de Jogo” (1990), “M.O.R.T.E.” (1990), “The Flash and Crash Days” (1991), “O Império das Meias Verdades” (1993) e “UnGlauber” (1994). Os três últimos foram estrelados por Fernanda Torres.

Em 2003, na apresentação da montagem da peça “Tristão e Isolda”, de Richard Wagner, no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, diante das vaias do público, Thomas mostrou as nádegas eo que lhe valeu um processo por cometer ato obsceno. Julgado no Supremo Tribunal Federal foi absolvido. “Não passou de um protesto grosseiro contra o público”.

Desgastado pelo processo, em 2009 escreveu um manifesto declarando seu “adeus para o teatro”. No ano seguinte, instalado em Londres, fundou a Cia London Dry Opera. Escreveu e dirigiu “Throats” que teve sua temporada no Teatro Pleasance e Islington de 18 de fevereiro a 27 de março de 2011. Segundo Thomas, o espetáculo foi uma forma de exteriorizar o que sentiu quando ajudou no socorro às vítimas do Word Trade Center. Com a mesma companhia apresentou “Gargolios”, que fez uma turnê por vários países.

Em 2014 estreou sua peça “Entredentes”, em parceria com Ney Latorraca. Em 2015, escreveu “Um Circo de Rins e Fígados”, uma comédia do absurdo, escrita especialmente para Marcos Nanini. Suas peças já foram apresentadas em vários países, em teatros como o Lincoln Center em Nova Iorque, no Teatro Estatal de Munique, no Wiener Festwochen de Viena, entre outros.

Geraldo Thomas já foi casado com a cineasta, dramaturga e diretora teatral Daniela Thomas, já se relacionou com as atrizes Bete Coelho, Fernanda Torres Giulia Gam, Camila Morgado e a atriz e bailarina Fabiana Guglielmetti, do elenco da peça “Um Circo de Rins e Fígados”.

Veja também as biografias de:
  • Flávio Rangel (1934-1988) foi diretor teatral. Um dos maiores nomes do teatro...
  • Marco Nanini (1948) é um ator, produtor e humorista brasileiro...
  • Carlos Saldanha (1965) é um diretor cinematográfico brasileiro, um dos maiore...
  • José Wilker (1947-2014) foi um ator, crítico de cinema e diretor brasileiro...
  • Wolf Maya (1953) é um ator e também diretor de televisão brasileiro. Foi o cr...
  • Steven Spielberg (1946) é um diretor, produtor e roteirista cinematográfico n...
  • Clint Eastwood (1930) é um ator, produtor e premiado diretor norte-americano,...
  • Luiz Carlos Miele (1938-2015) foi um produtor de shows, ator e diretor brasil...
  • Bertolt Brecht (1898-1956) foi um dramaturgo, romancista e poeta alemão, cria...
  • Henrik Ibsen (1828-1906) foi dramaturgo norueguês. Um dos criadores do teatro...

Última atualização: 18/04/2017