Nara Leão

Cantora brasileira
Doutora em Estudos da Cultura

Biografia de Nara Leão

Nara Lofego Leão (1942-1989) foi uma importante cantora, artista plástica e atriz brasileira que ficou conhecida como "a musa da bossa nova".

Nara Leão nasceu em Vitória (Espírito Santo) no dia 19 de janeiro de 1942.

Origem

Nara é a segunda filha do casamento entre o advogado Jairo Leão e a professora Altina Lofego Leão. A irmã mais velha de Nara é Danuza Lofego Leão.

Quando Nara tinha apenas um ano, a família se mudou para o Rio de Janeiro.

Os primeiros passos na música

Nara ingressou no meio musical depois de receber o primeiro violão de presente do pai, quando tinha 12 anos. Entusiasmado com o interesse da filha, o advogado contratou aulas particulares para a menina com o músico Patrício Teixeira. 

Dois anos mais tarde, Nara se matriculou na Academia de Violão de Menescal e Carlos Lyra. Mal sabia ela que alguns anos mais tarde se tornaria professora da mesma instituição que frequentou quando era aluna. 

O princípio da Bossa Nova

Em 1957 começam a surgir as primeiras reuniões do grupo que viria a fundar a Bossa Nova. Os encontros dos jovens músicos aconteciam no famoso edifício Champ-Elysées, na Avenida Atlântica, em Copacabana (Rio de Janeiro). 

No ano a seguir, Nara contrai uma hepatite que a faz faltar as aulas durante dois meses. Depois de se curar, a adolescente decide não mais voltar para a escola e começa a trabalhar como secretária de redação e repórter do jornal Última Hora.

No dia 13 de novembro de 1959 estreia o show Segundo comando da operação bossa nova e canta Se é tarde me perdoa e Fim de noite.

Confira a interpretação da cantora de Samba de uma nota só e Samba do Avião, dois clássicos da Bossa Nova:

 

Viajando pelo país, cantou ao lado de outros músicos da Bossa Nova.

A carreira

Além de cantar, Nara também atuava e fazia xilogravura.

A sua estreia como cantora profissional aconteceu em março de 1963, na boate Au bom gourmet, em Copacabana, zona sul carioca. A jovem teve o privilégio de estar ao lado de Carlos Lyra e Vinícius de Moraes no espetáculo Pobre Menina Rica

Em agosto de 1963, começa a gravar no estúdio Rio-Sim, no Rio de Janeiro, o seu primeiro disco. No ano a seguir, a moça estoura e passa a ser reconhecida publicamente.

Em fevereiro de 1964 lança Nara, o seu primeiro LP. O trabalho faz tanto sucesso que ela é contratada pela Philips para gravar o seu novo disco, chamado Opinião.

Em paralelo, segue fazendo turnê pelas principais cidades do Brasil. Ainda nos anos 60 atua como apresentadora de tv do programa Pra Ver a Banda Passar (na Record) com a companhia ilustre de Chico Buarque.

Em prêmio concedido durante a década de 70, Nara Leão foi considerada a melhor cantora pela Associação dos Críticos de Arte de São Paulo.

O último disco lançado foi em 1989 com o título My Foolish Heart. Ao longo da carreira, a intérprete lançou mais de 20 discos e se tornou um dos principais nomes da MPB.

A passagem pela Tropicália

No final dos anos 60, a cantora se aproximou do grupo tropicalista e chegou a participar da gravação do disco coletivo Tropicalia ou Panis et Circenses.

Nara Leão participou do lendário LP Tropicalia ou Panis et Circenses
Nara Leão participou do lendário LP Tropicalia ou Panis et Circenses

Política

Com um posicionamento político de esquerda, Nara lutou ativamente contra a ditadura militar.

No final de 1969, Nara e Cacá Diegues, seu então parceiro, deixaram o país e foram viver em Paris. 

Nara Leão e Cacá Diegues no dia do casamento (26 de julho de 1967)
Nara Leão e Cacá Diegues no dia do casamento (26 de julho de 1967). Dois anos mais tarde, o casal deixou o país devido à ditadura militar

Vida pessoal 

Nara Leão namorou Ronaldo Bôscoli entre 1959 e 1961.

Em 1962, começou a se relacionar com o cineasta e compositor moçambicano Ruy Guerra.

Quatro anos mais tarde, se envolveu com o seu futuro marido, o cineasta Cacá Diegues. Juntos, eles tiveram dois filhos: Isabel e Francisco Diegues. 

Nara Leão com os filhos Isabel e Francisco Diegues
Nara Leão com os filhos Isabel e Francisco Diegues, frutos da relação com Cacá Diegues

Nara e Cacá se divorciaram no final dos anos 70. 

Morte

A cantora faleceu no dia 7 de junho de 1989, no Rio de Janeiro, vítima de um tumor cerebral inoperável.

Biografia

Livro publicado por Sérgio Cabral em 2001 narra a trajetória de Nara Leão
Livro publicado por Sérgio Cabral em 2001 narra a trajetória de Nara Leão

Para homenagear o percurso da cantora, em 2001, Sérgio Cabral lançou o livro Nara Leão - uma biografia.

Se você gostou de ler a biografia de Nara Leão, acreditamos que também irá se interessar pelos textos:

Veja também as biografias de:
  • Elis Regina (1945-1982)foi uma cantora brasileira. Por sua performance versát...
  • Ivete Sangalo (1972) é cantora e compositora brasileira. Grande representante...
  • Pitty (1977) é uma cantora brasileira de rock, considerada uma das maiores do...
  • Elba Ramalho (1951) é uma cantora e atriz paraibana, uma das principais intér...
  • Maria Bethânia Viana Teles Veloso (1946), conhecida como , é um...
  • Claudia Leitte (1980) é uma cantora e compositora brasileira de música Pop e...
  • Paula Fernandes (1984) é uma cantora e compositora, brasileira...
  • Bruna Viola Bruna Viola (1993) é uma cantora, compositora e violeira brasileira, que conq...
  • Dalva de Oliveira (1917-1972) foi uma cantora brasileira que fez sucesso nos...
  • Gaby Amarantos (1978) é uma cantora brasileira que virou atração do pop nacio...

Última atualização: 13/11/2019

Rebeca Fuks
Doutora em Estudos da Cultura
Formada em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2010), mestre em Literatura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2013) e doutora em Estudos de Cultura pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e pela Universidade Católica Portuguesa de Lisboa (2018).