Papa Francisco

Religioso católico
Por Dilva Frazão

Biografia de Papa Francisco

Papa Francisco (1936) é um religioso católico, o 226.º papa da história da Igreja, o primeiro pontífice não europeu em 1 200 anos. É o primeiro papa vindo da América Latina. Foi eleito Papa no conclave de 13 de março de 2013.

Papa Francisco ou Jorge Mario Bergoglio nasceu no bairro de Flores, em Buenos Aires, Argentina, no dia 17 de dezembro de 1936. Seus avós, imigrantes italianos, chegaram à Argentina em 1927, acompanhados dos seis filhos, entre eles, Mario, o pai do papa.

Infância e juventude

Seu pai, Mario José Bergoglio era ferroviário e sua mãe, Regina Maria Sivoni era dona de casa. Criado na fé católica, Jorge recebeu grande influência de sua avó paterna que era presença constante na sua infância.

Identificado com sua fé, com 15 anos foi designado por seu professor de religião a preparar para a primeira comunhão seus dois colegas que ainda não tinham recebido o sacramento.

Como qualquer jovem, frequentava festas e convivia com um grupo de amigos e também não perdia as missas dominicais. Aos 17 anos começou a despertar a vontade de seguir a carreira religiosa.

Após o ensino médio, ingressou em uma escola técnica onde cursou química concluindo o curso em 1957.

Companhia de Jesus

Depois de se graduar como técnico em química, então com 21 anos, ingressou no seminário da Companhia de Jesus e se formou em filosofia.

Passou a lecionar em colégios da Companhia de Jesus em Santa Fé e em Buenos Aires. Nessa época contraiu uma doença respiratória tendo que se submeter a uma cirurgia para retirar um pulmão.

O futuro Papa Francisco foi ordenado sacerdote em 13 de dezembro de 1969. Em 1970, graduou-se em teologia na Faculdade de Filosofia e Teologia de São Miguel. Entre os anos de 70 e 80, lecionou filosofia e teologia em escolas de Buenos Aires.

Em 1973 tornou-se responsável pela ordem jesuíta na Argentina, função que exerceu até 1979, em um tempo violento da ditadura militar no país.

Em 1986, passou alguns meses na Alemanha, para finalizar sua tese de doutorado. Em 1992, foi designado bispo auxiliar de Buenos Aires e em 1998, arcebispo primaz da Argentina.

Iniciou um intenso trabalho pastoral dedicado às classes populares e denunciando as injustiças econômicas e sociais. As visitas às comunidades pobres de Buenos Aires foram uma de suas marcas à frente da diocese.

Nessa época, o futuro Papa Francisco mantinha uma rotina que começava às 4 e meia da manhã e terminava às 9 horas da noite. Morava sozinho em um apartamento no 2.} andar do edifício da arquidiocese, ao lado da Catedral de Buenos Aires, na Praça de Maio.

O título de cardeal lhe foi concedido em 21 de fevereiro de 2001, no papado de João Paulo II.

O futuro Papa Francisco esteve no Brasil em 2007, para a 5.ª Conferência do Episcopado Latino-Americano e do Caribe, realizada em Aparecida, durante a visita do Papa Bento XVI.

Papa Francisco

Em 2005, após a morte do Papa João Paulo II, o cardeal Mario Bergoglio foi o principal oponente de Ratzinger.

No ritual da eleição o argentino foi o segundo mais votado entre os cardeais, atrás apenas do alemão Joseph Ratzinger que assumiu o papado como Bento XVI.

A eleição e o pontificado

Em 2013, com a renúncia do Papa Bento XVI, em 28 de fevereiro, começaram os preparativos para a eleição do novo papa.

O cardeal Bergoglio desembarcou em Roma duas semanas antes do conclave. Não usou o automóvel do Vaticano que estava à sua disposição e seguiu a pé para a Santa Sé.

Na Capela Sistina, na primeira das cinco votações, os votos se distribuíram entre vários nomes. Na segunda, três candidatos se destacaram: o argentino Bergoglio, o italiano Angelo Scola e o canadense Marc Ousellet.

A vantagem de Bergoglio se consolidou na terceira votação. Na quinta, ele obteve um grande consenso quando atingiu dois terços dos votos, 77 de 115.

Após sua eleição, no dia 13 de março de 2013, o novo papa se dirigiu ao balcão da Basílica de São Pedro para saldar a multidão que o esperava na Praça de São Pedro.

Papa Francisco

O nome Francisco foi escolhido por Bergoglio em referência a São Francisco de Assis, pela sua simplicidade e dedicação aos pobres.

O Papa Francisco se tornou o primeiro papa latino-americano, o primeiro vindo de uma congregação jesuíta e o primeiro a adotar o nome de Francisco.

O Papa Francisco recusou-se viver no luxo do Palácio Episcopal e preferiu morar na casa Santa Marta e refez seu compromisso com os pobres e com a justiça social.

No dia 22 de julho do mesmo ano o Papa Francisco desembarcou no Rio de Janeiro, para a Jornada Mundial da Juventude, que reuniu mais de um milhão de jovens de várias partes do mundo.

A Fé e o Mundo segundo o Papa Francisco

“O verdadeiro poder de uma liderança religiosa vem de seu serviço. Quando deixa de servir, o religioso se transforma em um mero gestor. O líder religioso compartilha, sofre e serve a seus irmãos.”

“A vida cristã também é uma espécie de atletismo, de disputa, de corrida, em que é preciso se desvencilhar das coisas que nos separam de Deus.”

“Ao homem eu digo que não conheça a Deus de ouvidos. O Deus vivo é aquele que se vê com seus olhos, dentro de seu coração.”

“A Igreja defende a autonomia das questões humanas. Uma autonomia saudável é uma laicidade saudável, em que se respeitam as diferentes competências”. A Igreja dá os valores e os outros façam o resto.”

Separo o tema do aborto de qualquer concepção religiosa. É um problema científico. Não permitir o desenvolvimento de um ser que já dispõe de um código genético de um ser humano não é ético. Abortar é matar alguém que não pode se defender”.

“Gosto quando se fala de pessoa homossexual. A pessoa vem primeiro, em sua integridade e dignidade. Somos todos, criaturas amadas por Deus”.

Dilva Frazão
Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.
Veja também as biografias de:
  • Dom Hélder Câmara (1909-1999) foi um religioso, bispo católico e arcebispo em...
  • Frei Damião (1898-1997) foi um religioso católico italiano. Durante 66 anos p...
  • Tomás de Aquino (1225-1274) foi um frei católico, filósofo e teólogo italiano...
  • Martinho Lutero (1483-1546) foi um sacerdote católico alemão, o principal per...
  • Padre Cícero (1844-1934) foi um líder católico brasileiro. Foi canonizado pel...
  • Padre Pio de Pietrelcina (1887-1968) foi um sacerdote católico italiano, da O...
  • Dom Gabriel Paulino Bueno Couto (1910-1982) foi um bispo católico brasileiro...
  • Jesus Cristo foi o grande profeta. Para os cristãos, é o filho de Deus e a se...
  • João Batista (2 a.C.-27), ou São João, foi um pregador judeu. Segundo os evan...
  • Moisés Foi um líder religioso e profeta, a quem Deus revela as leis que formariam o...