Francisco Pessoa de Queiroz

Empresário brasileiro

Biografia de Francisco Pessoa de Queiroz

Francisco Pessoa de Queiroz (1890-1980), conhecido como F. Pessoa de Queiroz, foi um empresário, jornalista, diplomata e político brasileiro.

Francisco Pessoa de Queiroz (1890-1980) nasceu em Umbuzeiro, uma pequena cidade paraibana próxima à fronteira de Pernambuco, no dia 7 de novembro de 1890. Filho de pequenos agricultores e pecuaristas foi mandado para a casa de seus padrinhos, no Recife, para se dedicar aos estudos. Em 1911 formou-se em Direito pela Faculdade de Direito do Recife. Em 1912 especializou-se em Direito Internacional Público na Universidade de Paris.

F. Pessoa de Queiroz, foi então, admitido no Ministério das Relações Exteriores, integrou o corpo diplomático brasileiro em Londres e posteriormente em Buenos Aires. No Rio de Janeiro, então capital da República, já conceituado jurista, foi nomeado assessor especial do senador paraibano Epitácio Pessoa, seu tio, que eleito presidente do Brasil em 1919, o fez secretário particular, tendo desempenhado diversas missões diplomáticas fora do país.

No ímpeto dos seus 28 anos de idade, F. Pessoa de Queiroz, como preferia ser chamado, estava fascinado pela política. Então, deixou a diplomacia e voltou para o Recife e com o apoio dos irmãos José e João Pessoa de Queiroz, empresários de renome e dono das principais empresas pernambucanas, lançou-se candidato a deputado federal, mas foi obrigado a retirá-la pelas autoridades governamentais – Manuel Borba era o governador na época. Voltou à diplomacia e participou da Conferência de Paz realizada em Versalhes, em 1919.

Em 1920 seu nome foi incluído na chapa oficial pelo governador José Bezerra. Em 1921, no ano de sua primeira eleição, Francisco Pessoa de Queiroz assumiu a direção do “Jornal do Commércio do Recife”, fundado por seus irmãos em 1919 e que teve sua primeira edição em 3 abril do mesmo ano. Em 1924 casa-se com Leontina Jouviu. Foi eleito deputado federal em quatro legislaturas sucessivas.

A importância do jornal crescia cada vez mais, e os irmãos eram protagonistas do cenário político de então. Em 1929, durante a campanha presidencial foi feita uma franca oposição à chapa formada por Getúlio Vargas e João Pessoa, dirigindo ataques frontais à política do líder paraibano, o que resultou em inúmeras desavenças. Há quem especule que a morte de João Pessoa tenha mais relação com a cena política do momento, do que com o caso amoroso de Anayde Beiriz.

A morte de João Pessoa precipitou a Revolução de 1930. Pessoa de Queiroz foi cassado e deportado para a França, onde ficou até 1932, passando dias muito difíceis. De volta ao Recife, passou a se dedicar em restaurar os bens da família, praticamente destruídos pelos revolucionários. Afastou-se da política e restaurou o “Jornal do Comércio”, que esteve durante anos entre os melhores do país.

Em 1948, inaugurou a Rádio Jornal do Comércio, e já usava o slongan “Pernambuco Falando Para o Mundo”. A fascinação pela política o levou a mais uma eleição, em 1958. Foi eleito senador por Pernambuco, e exerceu oito anos de mandato. Em 1960 inaugurou a TV Jornal do Comércio, com magníficas instalações e com os equipamentos mais avançados da época. Em 1980, recebeu a Medalha de Mérito Empresarial “Conde da Boa Vista”, outorgada pelo Governo do Estado.

Francisco Pessoa de Queiroz faleceu no Recife, Pernambuco, no dia 7 de dezembro de 1980.

Veja também as biografias de:
  • João Doria Júnior (1957) é um empresário brasileiro. Presidente do Grupo Dori...
  • Antônio Ermírio de Moraes (1928-2014) foi um empresário, industrial e engenhe...
  • Eike Batista (1956) é um empresário brasileiro. Foi o homem mais rico do Bras...
  • Victor Civita (1907-1990) foi o fundador do Grupo Abril. Iniciou com uma pequ...
  • Eduardo Saverin (1982) é o cofundador do Facebook. Junto com Mark Zuckerberg...
  • Boni (José fácio de Oliveira Sobrinho) (1935) é um empresário brasileiro...
  • Roberto Marinho (1904-2003) foi um empresário brasileiro, presidente das Orga...
  • Sílvio Santos (1930) é comunicador, empresário, dono de um canal de Televisão...
  • José Mindlin (1914-2010) foi um bibliófilo, empresário e advogado brasileiro...
  • Francisco Assis Chateaubriand (1892-1968) foi um jornalista, empresário e pol...

Última atualização: 06/11/2017