Jean Piaget

Psicólogo e pesquisador em pedagogia
Por Dilva Frazão

Biografia de Jean Piaget

Jean Piaget (1896-1980) foi um psicólogo suíço e importante estudioso da psicologia evolutiva. Revolucionou os conceitos de inteligência infantil que provocou mudança nos antigos conceitos de aprendizagem e educação.

Jean William Fritz Piaget nasceu em Neuchâtel, na Suíça, no dia 9 de agosto de 1896. Seu pai era professor universitário de Literatura Medieval. Desde criança, já mostrava interesse pela natureza. Aos 15 anos publicou ensaios sobre os moluscos. 

Formação

Jean Piaget estudou na Universidade de Neuchâtel e em 1918, recebeu o título de doutor em ciências. Nessa época já despertava interesse pela mente humana.

Mudou-se para Zurique, onde passou a trabalhar em um laboratório de psicologia. Em seguida fez estágio em uma clínica psiquiátrica. Nesse período, assistiu às aulas ministradas pelo psicólogo Carl Jung, discípulo de Freud.

Em 1919, Piaget foi para Paris, e ingressou na Sorbonne, onde estudou psicopatologia com George Dumas e psicologia com Henri Piéron e Henri Delacroix.

Simultaneamente, estagiou no hospital psiquiátrico de Saint’Anne e estudou lógica com André Lalande e Léon Brunschvicg.

Teoria do Conhecimento

Recomendado por Theodore Simon, Piaget começou a trabalhar no laboratório de psicologia experimental do psicólogo infantil Alfred Binet.

Dedicou-se à criação e aplicação de testes de leitura em crianças. Os erros que elas cometiam despertavam seu interesse pelo processo cognitivo infantil – ato de adquirir um conhecimento.

Publicou suas primeiras observações sobre as características do pensamento infantil, em 1921, no Jornal de Psicologia, sob o título “Ensaio Sobre Alguns Aspectos do Desenvolvimento do Pensamento Infantil”.

Ainda em 1921, Piaget voltou para a Suíça como diretor do Instituto Jean-Jacques Rousseau, na Universidade de Genebra.

Diante de sua preocupação com a teoria do conhecimento, Piaget publicou “A Linguagem e o Pensamento da Criança” (1923). Nesse mesmo ano casa-se com Valentine Châtenay, com quem teve três filhas, que foram importantes para o desenvolvimento de suas pesquisas.

Em 1924, publicou “O Juízo e o Raciocínio da Criança”. Em 1936, recebeu o título de “Doutor Honoris Causa” pela Universidade de Harvard. Lecionou em diversas universidades da Europa, entre elas a Universidade de Sorbonne, em Paris.

Estágios da Psicologia Evolutiva

Jean Piaget descobriu, através de avaliações, que as crianças da mesma faixa etária cometiam os mesmos erros, o que o levou a acreditar que o pensamento lógico se desenvolvia gradativamente. Procurou explicar a evolução da conduta cognitiva da infância à idade adulta.

Segundo Piaget, a evolução mental da criança passa por quatro estágios determinados por um modelo genético universal, são eles:

  1. Estágio Sensório-Motor – que vai do nascimento até cerca de dois anos de idade. Governados inicialmente por meros reflexos, o processo atravessa seis etapas até chegar à etapa representativa.
  2. Estágio Pré-Operacional – esse estágio que vai até os sete anos, caracteriza-se pelo aparecimento da representação que pode ser definida como capacidade de distinguir o significante e o significado, capacidade a que Piaget chamou de “função simbólica”.Dos quatro aos sete anos, a criança passa a desenvolver o pensamento intuitivo. Aos poucos, pelo efeito de um equilíbrio crescente das assimilações e acomodações, a conservação progride até alcançar a estruturação de “agrupamentos” que o prepara para o período seguinte.
  3. Estágio Operacional Concreto – esse estágio que vai até os doze anos de idade, reúne sucessivas assimilações e acomodações levando ao progresso da cognição, adquirindo crescente plasticidade.
  4. Estágio das Operações Formais – é caracterizado por uma nova forma de conduta diante dos problemas, que poderá começar por tentativas e erros, mas logo formulará mentalmente o painel das hipóteses possíveis. Este estágio se prolonga até a maturidade.

Projeção

Em 1955, Jean Piaget fundou o Centro Internacional para Epistemologia Genética, em Genebra. Entre 1957 e 1973, publicou “Estudos da Epistemologia Genética”.

Piaget escreveu cerca de 100 livros e mais de 500 artigos científicos. A metodologia educacional criada por Jean Piaget passou a servir de modelo para diversas escolas em grande parte do mundo.

Jean Piaget faleceu em Genebra, na Suíça, no dia 16 de setembro de 1980.

Última atualização: 13/05/2020

Dilva Frazão
Possui bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE e é professora do ensino fundamental. Desde 2008 trabalha na redação e revisão de conteúdos educativos para a web.
Veja também as biografias de:
  • Vital Brazil (1865-1950) foi um médico, sanitarista e pesquisador brasileiro...
  • Josué de Castro (1908-1974) foi médico, pesquisador e professor brasileiro. P...
  • Luigi Galvani (1737-1798) foi um médico e pesquisador italiano. Descobriu o p...
  • Henri Paul Hyacinthe Wallon (1879-1962) foi um psicólogo, filósofo, médico e...
  • Abraham Maslow (1908-1970) foi um psicólogo norte-americano, conhecido pela T...
  • Carl Rogers (1902-1987) foi um psicologo norte-americano. Desenvolveu a Psico...
  • Lev Vygotsky (1896-1934) foi um psicólogo bielo-russo que realizou diversas p...
  • Burrhus Frederic Skinner (1904-1990) foi um psicólogo norte-americano, seguid...
  • John Watson (1878-1958) foi um psicólogo norte-americano, reconhecido como o...
  • Gordon Allport (1897-1967) foi psicólogo norte-americano. Autor do livro Pers...