Erwin Rommel

Militar alemão

Biografia de Erwin Rommel

Erwin Rommel (1891-1944) foi militar alemão. Marechal de campo do Exército Alemão, durante a Segunda Guerra Mundial. Foi apelidado de "A Raposa do Deserto".

Erwin Rommel (1891-1944) nasceu em Heidenheim an der Brenz, em Württemberg, Alemanha. Filho do professor protestante e diretor da escola secundária de Aalen, e de Helene von Luz. Entrou como voluntário para o Exército, onde obteve grande destaque.

Foi o mais respeitado estrategista alemão da segunda guerra mundial, Ficou conhecido como a raposa do deserto devido à audácia dos ataques que comandou na Líbia, onde obteve vitórias surpreendentes para seus comandados. Entrou como cadete para o regimento de infantaria (1910) e, já como tenente, durante a primeira guerra mundial, destacou-se pela capacidade de liderança nas frentes de combate da França, Romênia e Itália. Nomeado instrutor do regimento de infantaria (1933), no início da Segunda Guerra Mundial, comandou a guarda pessoal do Führer (1938-1940).

Assumiu o comando da sétima divisão blindada, em território francês (1940) e o comando do Afrikakorps na campanha da Líbia (1941), quando ficou famoso como estrategista entre os inimigos aliados. Promovido a marechal de campo pela vitória sobre as tropas britânicas, lançou duas ofensivas sobre o Cairo e o canal de Suez, mas foi derrotado pelas tropas do marechal Montgomery em el-Alamein, perto de Alexandria, e teve que recuar até a Tunísia (1942). Muito popular entre os árabes e denominado de Volksmarschall (marechal do povo) pelos compatriotas, voltou à Alemanha e recebeu o comando das linhas de defesa do canal da Mancha (1944).

Com a falta de apoio aos seus seus planos estratégicos de contra-ataque, nada pode fazer contra o desembarque dos exércitos aliados na Normandia, além de ter seu carro atingido por um caça bombardeiro britânico, no qual sofreu graves ferimentos. Considerando a guerra perdida tentou convencer, sem sucesso, o alto comando a negociar a paz com as potências aliadas.

Em vez disso foi acusado de participar de uma conspiração contra o Führer (1944), acusação da qual provavelmente era inocente. Devido ao seu grande prestígio nacional, Hitler condenou-o ao suicídio por envenenamento, com a garantia da preservação de sua honra e o marechal do povo suicidou-se em Herrlinger, perto de Ulm, e foi enterrado com honras militares. Seu escrito mais conhecido foi "Infanterie Greift an" (1937), onde expôs suas experiências na guerra europeia e as ideias para o adestramento militar dos soldados.

Erwin Johannel Eugen Rommel faleceu em Herrlingen, Alemanha, no dia 14 de outubro de 1944.

Veja também as biografias de:

Última atualização: 09/10/2013