Antonio Banderas

Ator espanhol

Biografia de Antonio Banderas

Antonio Banderas (1960) é um ator espanhol, descoberto por Pedro Almodóver, atuou em vários filmes norte-americanos, entre eles, "Filadélfia", "A Casa dos Espíritos", "Evita", "Os Mercenários", entre outros.

Antonio Banderas (1960) nasceu em Málaga, no sul da Espanha, no dia 10 de agosto de 1960. Filho de um funcionário público e de uma professora era encantado por cinema, e com 14 anos, recebeu orientação de um professor para fazer um curso de teatro. Depois de alguns anos, fundou, junto com alguns colegas, um grupo experimental.

Mais tarde, decidido a seguir a carreira de ator, mudou-se pra Madri, onde conheceu Ana Leza, sua primeira esposa, com quem viveu durante oito anos. Tornou-se amigo de Pedro Almodóvar, o cineasta que se tornou um trampolim para sua carreira de ator. Passou a atuar em vários filmes do diretor, entre eles, “Matador” (1986), “A Lei do Desejo” (1987) e “Mulheres a Beira de Um Ataque de Nervos” (1988).

Em 1991, Antonio Banderas teve uma ajuda de Madona, que mostrou interesse pelo ator e com sua equipe de cameraman e de sonoplastas filmou “Na Cama com Madona” (1991) que foi o empurrão definitivo para sua carreira americana. Começou a aparecer nos jornais e ser comentado em Hollywood.

Em 1992, estreou no cinema americano, em um papel secundário, no filme “Os Reis do Mambo”. No começo, sem recusar trabalhos, fez de tudo nos mais de trinta filmes em que atuou de yuppie atrapalhado a amante sádico. Em 1993, atuou em “Filadélfia”, ao lado de Tom Hanks e de Denzel Washington. Nesse mesmo ano, atuou em “A Casa dos Espíritos”, ao lado de Winona Ryder, quando finalmente conquista o espectador.

Em seus diversos filmes, Banderas consegue mostrar que tem talento dramático, além de se destacar com sua beleza latina, com olhos negros, cabelos negros e rebeldes, sua pele bronzeada e seus 1,78 metros de altura, que mesmo sem querer tornou-se um sexsymbol. Em 1996, durante as filmagens de “Quero Dizer Que Te Amo” conheceu a atriz Melanie Griffith, com quem viveu durante 18 anos.

Entre outros inúmeros filmes que atuou, destacam-se: “Ata-me!” (1989), “Entrevista com o Vampiro” (1994), “De Amor e de Sombras” (1994), “Assassinos” (1995), “Grande Hotel” (1995), “Evita” (1996), “A Mascara do Zorro” (1998), “Prenda-me se Puder” (1999), “Pecado Original” (2001), “Frida” (2002), “Pequenos Espiões” (2201), “Pequenos Espiões 2” (2001), “Pequenos Espiões 3” (2003), “A Lenda do Zorro”, “Vem Dançar” (2006), “A Pele Que Habito” (2011), “A Toda Prova” (2011), “Los Amantes Pasajeros” (2013), “Os Mercenários 3” (2014) e “Bob Esponja: Um Herói Fora D’Água” (2015).

Como diretor, Antonio Banderas filmou: “Loucos do Alabama” (1999) e “El Camino de Los Ingleses” (2005). Como ator, recebeu duas indicações ao Globo de Ouro, com a comédia musical “Evita” e com “A Máscara do Zorro”. Recebeu duas indicações ao Goya, com “Ata-me” e “Quero Dizer Que Te Amo”. Recebeu o Prêmio de Melhor Ator – Voto Popular no European Film Awards, com “A Máscara do Zorro”, e o Prêmio de Melhor Ator, no Festival de Valladolid, com “A Paloma Branca” (1990).

Veja também as biografias de:

Última atualização: 06/09/2016