D. W. Griffith

Cineasta norte-americano
Por Dilva Frazão
Biblioteconomista e professora

Biografia de D. W. Griffith

D. W. Griffith (1875-1948) foi um cineasta norte-americano, considerado o pai do cinema. Suas inovações foram decisivas para a criação de uma linguagem especificamente cinematográfica. Sua obra mais famosa foi o filme "O Nascimento de Uma Nação".

David Llewelyn Wark Griffith nasceu em Crestwood, Kentucky, Estados Unidos, no dia 22 de janeiro de 1875. Depois da morte do pai, abandonou os estudos. Foi balconista de loja e livraria.

Foi jornalista no Courier de Louisville. Publicou poesias em revistas de grande circulação, influenciado por Edgar Allan Poe, uma de suas fixações literárias.

Carreira de cineasta

Foi como ator de teatro e, em seguida, como argumentista que Griffith chegou ao cinema. Em 1907, o diretor Edwin S Porter o contratou para sua companhia de cinema e um ano depois ele já dirigia o primeiro filme, “As Aventuras de Dollie” (1908).

Entre 1908 e 1913 lançou inúmeros nome que estariam à frente do cinema norte-americano nas décadas seguintes, tanto atrás como na frente das câmeras.

Deu personalidade própria ao cinema e introduziu novidades como os movimentos de câmera, as ações paralelas e as tomadas em primeiro plano.

O Nascimento de Uma Nação

Seu primeiro longa-metragem foi realizado em 1914, mas o grande clássico viria em 1915, com o filme antológico, "O Nascimento de Uma Nação", sobre a guerra civil americana, que foi considerado o primeiro filme americano com maior tempo de duração.

D. W. Griffit

Com 12 rolos e mais de duas horas de projeção, foi lançado em março de 1915 e se constituiu um dos marcos da cinematografia, apesar de ser acusada de racismo.

Intolerância

Em 1916, Griffith lançou "Intolerância", libelo contra a injustiça e o despotismo composto de quatro episódios sobre a intransigência transcorridos em diferentes momentos históricos.

D. W. Griffit

A obra vai desde a queda da Babilônia a um drama operário da época do filme, passando pela vida de Cristo e a Noite de São Bartolomeu.

Em O Nascimento de uma Nação como depois em Intolerância, Griffith aplicou e desenvolveu tudo o que havia observado ou descoberto até então. Tornou importante a mobilidade das câmeras, que foram instaladas em todas as espécies de veículos, inclusive em balões.

Esses dois filmes firmaram o cinema, definitivamente, como diversão, espetáculo e arte.

United Artists

Em 1919, juntamente com Charles Chaplin, Max Pickford e Douglas Fairbanks, fundou a empresa cinematográfica, United Artists.

Continuou trabalhando até o advento do cinema falado, quando fez “Abraham Lincoln” (1930) e a “Lua” (1931).

D. W. Griffith faleceu em Hollywood, Califórnia, no dia 23 de julho de 1948, vítima de hemorragia cerebral.

Outros longas de D. W. Griffith

  • Coração do Mundo (1918)
  • O Lírio Partido (1919)
  • Horizonte Sombrio (1920)
  • Órfãs da Tempestade (1922)
  • A Vida Não é Maravilhosa? (1925)
Dilva Frazão
É bacharel em Biblioteconomia pela UFPE e professora do ensino fundamental.
Veja também as biografias de:
  • Tim Burton (1958) é um cineasta norte-americano, autor de diversos filmes de...
  • Orson Welles (1915-1985) foi diretor, produtor, roteirista e ator de cinema n...
  • Francis Ford Coppola (1939) é um produtor, roteirista e diretor de cinema nor...
  • Woody Allen (1935) é um cineasta, ator, escritor e músico norte-americano, au...
  • Dennis Hopper (1936-2010) foi um ator e cineasta norte-americano. Tornou-se u...
  • Georges Méliès (1861-1938) foi um cineasta e ilusionista francês, um dos prec...
  • Glauber Rocha (1939-1981) foi cineasta brasileiro. Um dos responsáveis pelo m...
  • Walter Salles (1956) é cineasta brasileiro. Seus filmes mais famosos são "Cen...
  • Alfred Hitchcock (1899-1980) foi um cineasta inglês, uma das mais importantes...
  • Fernando Meirelles (1955) é um cineasta, produtor e roteirista brasileiro. O...